quinta-feira, 6 de Setembro de 2012 08:43h Gazeta do Oeste

Tinga e Souza reclamam de arbitragem, mas reconhecem descontrole celeste

Os primeiros 20 minutos de jogo entre Cruzeiro e Botafogo davam impressão de que o time celeste sairia com a vitória do Independência. Mas depois de fazer 1 a 0, os donos da casa sofreram três gols dos cariocas, dois deles em cinco minutos. Porém, o lance que resultou no empate alvinegro, ainda no primeiro tempo, foi alvo de queixa dos cruzeirenses.

 

 

“Não tem como ficar calado. Sofri falta no lance do gol do Botafogo, antes deles encaixarem o contra-ataque. Teve outra lance que tomei um chute no rosto, e ele deu bola ao chão. O juiz foi “minando” o nosso time e perdemos o controle. O bandeira me ameaçou também”, disse o meia Souza.

 

Autor do gol celeste, o volante Tinga também reclamou do árbitro Luís Flávio de Oliveira. Contudo, ele reconheceu a instabilidade do time em campo. “A gente quer ganhar, mas tem que se impor um pouco mais. Só que também, na minha opinião, o árbitro errou no lance do primeiro gol do Botafogo, pois foi falta no Souza. Depois disso, o nosso time desestabilizou”, afirma. 

 

 

 

 

 

 

 

SUPERESPORTES

tinga, souza, reclamam, arbitragem, reconhecem, descontrole, celeste

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.