quarta-feira, 5 de Outubro de 2011 11:21h Luciano Eurides

Torcedor é a maior arma do Cruzeiro frente o São Paulo

O Cruzeiro não vem conseguindo alcançar os resultados positivos no Campeonato Brasileiro, um dos líderes da equipe celeste, o goleiro Fábio, ressaltou a necessidade de os jogadores do elenco estrelado buscarem motivação para recolocar a Raposa no caminho de vitórias. O time azul e branco volta a campo hoje, às 21h50, para enfrentar o São Paulo, na Arena do Jacaré, pela 28ª rodada do Nacional.

 

 

O experiente goleiro Fábio garante não haver como você motivar o jogador dentro de campo. “O cara tem que tirar motivação dentro de si, sabendo que está dentro de um grande clube, que tem uma história de disputar todos os Campeonatos Brasileiros e estamos em uma situação complicada. O jogador tem que estar super concentrado em todos os momentos”, disse Fábio, que se usou como exemplo de como cada atleta do Cruzeiro tem razões de sobra para estar motivados a fim de entrar em campo determinado a lutar para conquistar as vitórias. “Eu tenho motivação em tudo que eu faço, inclusive por estar vivo, essa já é uma motivação superior a qualquer outra que você possa colocar dentro de si. Deus me deu a vida, eu tenho saúde, tenho a possibilidade de estar em uma equipe como o Cruzeiro, tendo a chance de disputar o Campeonato Brasileiro e me destacar junto com a equipe e individualmente. Eu não preciso de mais motivação do que isso”, ressaltou.

 

Fábio lembrou também que vestir a camisa do Cruzeiro é uma relevante conquista para qualquer jogador, e por isso, os atletas do elenco celeste devem fazer de tudo par honrar as cores do clube. “Cada um tem sua história. Tenho certeza que cada jogador que está aqui, nenhum teve facilidade para conseguir ser contratado pelo Cruzeiro, todos tiveram que passar muitas dificuldades. Então isso já muito mais do que necessário para que todos estejam motivados”, opinou.

 

 

Wellington Paulista sofreu lesão muscular na coxa direita na vitória sobre o Atlético-MG (2 x 1) no encerramento do turno do Nacional, está recuperado e com chances de ser convocado pelo técnico Vágner Mancini. Embora ainda não tenha alcançado a forma física adequada após a contusão, Wellington Paulista não sente mais dores, vem treinando forte e já está integrado ao grupo celeste, com condições de jogo. Não falta vontade ao artilheiro para voltar a campo e ajudar a equipe cinco estrelas a bater o São Paulo. “Espero que sim. Estou bem clinicamente, ainda não estou como gostaria na parte física, mas treinei bem essa semana, sexta e sábado muito forte para voltar na segunda-feira e trabalhar com o grupo para poder ir para o jogo de quarta”, disse.

 

Chapa da situação vence

 

Gilvan de Pinho Tavares será o presidente do Cruzeiro pelos próximos três anos. A chapa "História, Tradição e Conquistas", presidida por Dr. Gilvan, que também conta com os vices José Maria Fialho e Márcio Rodrigues, venceu a eleição e tomará posse no dia 1º de janeiro do próximo ano. Ao todo, a chapa vencedora contou com 391 votos, enquanto a chapa Juntos Somos Mais Fortes, formada por Alberto Rodrigues e os vices Antônio Claret e Zezé Franelli, obteve 48 votos.

 

 

Dr Gilvan recebeu o apoio do atual presidente Zezé Perrella e garantiu ser um sonho realizado. “É um sonho que carrego há muito tempo e que se concretizou nesta noite. Tenho trabalhado de maneira árdua e me preparado para esta missão. Tenho certeza que se depender do meu entusiasmo e da bagagem que carrego, iremos fazer uma boa administração do Clube", comemora o presidente eleito.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.