quinta-feira, 5 de Dezembro de 2013 06:38h

Torcida celeste lotou o Mineirão

Impulsionado pela ótima campanha no Brasileirão, que terminou com a conquista do tricampeonato, o Cruzeiro contou com a ajuda da torcida celeste para obter a sua melhor média do público no torneio nos últimos 15 anos. Nas partidas disputadas em casa, foram 28.900 torcedores, em média, melhor do que no campeonato de 2003, ano da Tríplice Coroa, quando foi registrado 25.981 espectadores por duelo.
Por muito pouco, a média de público deste ano não superou também a do Brasileirão de 1998, quando o Cruzeiro foi vice-campeão e levou, em média, 28.973 torcedores por partida, uma diferença de apenas 73 pessoas.
Naquela temporada, no entanto, a fórmula de disputa era diferente, com fase classificatória e mata-mata, o que ajudou a elevar a quantidade de público nas fases finais, quando o time celeste eliminou Palmeiras e Portuguesa, nas quartas e semifinal, respectivamente, mas caiu diante do Corinthians na decisão. Foram 14 jogos como mandante ao todo naquele ano contra 19 desta temporada.
A melhor média de público do Cruzeiro na história do Brasileirão foi registrada há exatos 30 anos, na edição de 1983, quando o clube celeste levou, em média, 37.035 torcedores nas sete partidas disputadas.
Além de ter alcançado uma marca que há muito tempo não se conquistava, o Cruzeiro garantiu também a melhor média de público do Campeonato Brasileiro, ficando à frente de Corinthians (24.441), São Paulo (23.887), Flamengo (22.872) e Grêmio (19.764). Vale ressaltar que o rubro-negro e o tricolor paulista ainda tem uma partida para disputar em casa nesta última rodada, mas não podem superar o clube celeste.

Médias de público do Cruzeiro nas últimas 15 edições do Campeonato Brasileiro:

2012 – 11.677
2011 – 10.377
2010 – 16.072
2009 – 20.437
2008 – 24.245
2007 – 23.504
2006 – 15.239
2005 – 15.753
2004 – 6.074
2003 – 25.981
2002 – 13.658
2001 – 14.656
2000 – 16.360
1999 – 28.587
1998 – 28.973

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.