quinta-feira, 2 de Fevereiro de 2012 10:31h Luciano Eurides

Torcida pressiona time do Guarani

O Guarani criou uma expectativa muito grande no torcedor, afinal foram contratações de atletas conhecidos nacionalmente e uma pré-temporada realizada fora do estado. O fato do time não ter alcançado a primeira vitória deixou a torcida apreensiva e alguns até exageraram.
O goleiro Tiago Gaúcho foi vítima da pressão exercida pelos torcedores do Bugre desde o momento em que entrou em campo. Já Luisinho encontrou problemas fora do estádio. “Normal, quando perde querem xingar, quando ganham vem aplaudir e esperava-se algo mais, ninguém entra em campo para jogar mal. Quem vinha quatro meses sem jogar, para a primeira partida eu também esperava um pouco mais e acontece, as vezes um torcedor mais embriagado, outros não, uns mais empolgados, outros não, são coisas que não vai fugir do cotidiano dos jogadores e estamos acostumados”, falou e avaliou a estreia do time. “Nós jogadores não ficamos satisfeitos, até mesmo pela pré-temporada que fizemos onde houve uns jogos bons. Alguns lances duvidosos, onde o juiz levou para o lado das expulsões. O juiz complicou o jogo e o mais prejudicado foi o Guarani. Não jogamos bem, todos tem a autocrítica e eu me cobro bastante. Isso tem de estar no dia a dia e aperfeiçoar para frente o Cruzeiro ser diferente”, comentou.
O adversário do Bugre vive dois impasses. Um dos atletas com a diretoria e outro a novela Montillo que parece não ter fim. Para o jogador Luisinho é necessário ficar atento. “É indiferente, eles vão ter de mostrar serviço e a situação do Cruzeiro não foge muito a realidade do futebol brasileiro, e por ser o Cruzeiro, pela dimensão que é deu esse reboliço e dentro de campo tudo isso some. Contra o Cruzeiro será sem dúvida uma dificuldade muito grande”, considerou.
Na tarde de ontem o time não treinou. A preparação para a partida contra o Cruzeiro continua hoje, em dois períodos, no Farião.

INGRESSOS
A venda antecipada de ingressos para Cruzeiro e Guarani começa hoje e segue até sábado na Loja do Cruzeiro no Barreiro e Ginásio do Cruzeiro BH. No domingo apenas nas bilheterias da Arena do Jacaré. Foram disponibilizados 18 mil a um preço de R$20,00. A venda pelo http://www.ingressofacil.com.br começou ontem e termina hoje a meia noite. A entrada para torcedores do Guarani será pelo portão 5.
Serão empenhados para a segurança dos torcedores 186 policiais militares, 16 bombeiros, seis investigadores, um escrivão e um delegado.
 

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.