quarta-feira, 8 de Fevereiro de 2012 09:27h Atualizado em 8 de Fevereiro de 2012 às 10:29h. Luciano Eurides

Torneio do Choro

Colorado mantém 100% de aproveitamento

Na segunda rodada do Torneio do Choro um dos destaques foi a equipe campeã do ano passado. O Colorado venceu o Manchester e segue com duas vitórias em dois jogos. Foram 23 gols marcados, oito a mais que na rodada inicial. Uma média de 5,75 enquanto na primeira rodada foi de 3,75 gols por partida. A melhor defesa é do Manchester com dois gols sofridos. O melhor ataque é da Dimecol com nove gols marcados. A pior defesa é do Quilombo, com dez gols sofridos. O pior ataque é do Confiança com dois gols marcados.
Colorado e Manchester fizeram um bom jogo. O time de Alessandro, bastante desfalcado e o de Camilo Lélis nem se importou, foi pra cima. O primeiro tempo foi muito igual. Buguinho entrou pela esquerda, ainda aos 12 minutos e chutou a gol, mas saiu fraco. Nas jogadas de bola parada Tibeibe foi o melhor. Aos 25 minutos, Guilherme chutou de fora da área e assustou o goleiro Anderson
No segundo tempo o time do Manchester foi para o ataque. Helder acertou um belo chute de fora da área, a bola acertou o pé da trave do gol defendido por Linho.  Aos 15 minutos, a bola lançada a direita encontrou Walisson que chutou forte e fez o único gol da partida. O time de Alessandro, sem reserva algum, teve de lutar pelo empate. Mesmo com nomes conhecidos como Douglas Cachorrão, Janssen e Romarinho, a luta era intensa e o espaço estava aberto para o Colorado. Em uma das investidas, Tibeibe foi na linha de fundo e chutou forte, por pouco não houve um gol contra. Anderson soltou uma bola dentro da área após uma cobrança de falta, Valdê aproveitou o rebote e chutou fraco, a zaga tirou em cima da linha. No final da partida ainda Linho fez uma defesa salvadora. A partida terminou 1x0 para a equipe do bairro Planalto.
O Colorado venceu com Linho, Walisson, Figueroa, Fernandão, Tibeibe, Guilherme, Biquinho, Zezinho, Buguinho, Betinho e Jesinho.

CHORO
O time da casa se recuperou na competição. Ditou um ritmo intenso e o Confiança somente foi equilibrar no segundo tempo, mas com atletas descansados, mas com menor qualidade do passe. A maior objetividade do Choro fez com que o time ampliasse a um placar de 4x1.
Além da experiência e força física, o Choro teve o gramado a favor. Já o Confiança, uma equipe jovem e cheia de disposição. Certamente o time volta para a terceira rodada e entrará em campo em busca da primeira vitória.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.