terça-feira, 14 de Outubro de 2014 10:48h

Treino da Seleção foi descontraído após vitória sobre a Argentina

Na sexta-feira, em Pequim, véspera do jogo contra a Argentina, o time de Miranda e Neymar goleou o de Kaká e Robinho por 8 a 3

O zagueiro da Seleção gozou muito os perdedores, principalmente Kaká.
No futebol, no entanto, o que é alegria em um dia rapidamente se modifica no outro. Nesta segunda-feira, em Cingapura, no Estádio Nacional, véspera do amistoso contra o Japão, os times voltaram a se enfrentar com a mesma escalação – melhor dizendo, o time de azul, o de Kaká e Robinho, contou com um reforço: o "atacante", Andrey Lopes, assistente técnico de Dunga, que marcou inclusive dois gols, muito comemorados.
Andrey Lopes (dois), Diego Tardelli (dois), Rômulo e Dodô marcaram os gols do time vencedor. O problema do Miranda é que ele não perdeu só o jogo. Perdeu também dois gols feitos, quase debaixo da trave, um deles por querer enfeitar e tentar marcar de calcanhar. “Perdeu o gol, não! Ele tirou o gol que seria do Philippe Coutinho, em um chute em que a bola ia entrar. Aí o Miranda estragou tudo, botando a bola pela linha de fundo.
Kaká e Robinho não paravam de gozar o zagueiro, que no treino de dois toques joga de atacante. Robinho exigia que se publicasse a goleada e show de bola que o time de Miranda levou. Miranda tentou se defender. “Eu fiz a minha parte. Marquei um gol. O meu time é que não ajudou.”
Mas não houve jeito. A gozação dos companheiros, que começara no campo, adentrou o vestiário e continuou no ônibus. Certamente será assunto obrigatório na "resenha" à mesa do jantar no hotel em Cingapura.
Azul - Rafael Cabral, Rômulo, Kaká, Dodô, Gil, Danilo, Diego Tardelli, Robinho, Andrey Lopes e Everton Ribeiro.
Verde - Marcelo Grohe, Luiz Gustavo, Mário Fernandes, Philippe Coutinho, Neymar, Oscar, Juan, Willian, Filipe Luís e Miranda.
Jefferson, que antes participou do treinamento de jogadas ensaiadas, trabalhou durante o dois toques com Taffarel.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.