sábado, 12 de Setembro de 2015 07:20h Atualizado em 12 de Setembro de 2015 às 07:29h. Luciano Eurides

Tudo pronto para a grande final da Copa Rural

A Copa Rural Centro Oeste Cap tem seu último jogo a ser disputado neste domingo (13), às 9h, categoria aspirante, Choro x Quilombo, e logo depois, pela categoria principal, Choro x Pedregal. As equipes estão completas e Quilombo ainda está invicto no aspirante.
Na categoria aspirante, foram 35 jogos, 92 gols, média de 2,6 por jogo. O melhor ataque é do Quilombo, com 16 gols marcados e também a melhor defesa, um gol sofrido. Os artilheiros são: Diego Adriano (Quilombo), com sete gols, Felipe Nunes (Choro), com cinco gols e Eduardo (Choro), com três gols. O goleiro menos vazado é Naldo (Quilombo), apenas um gol sofrido.

O Choro tem a obrigação de vencer o Quilombo e assim levar a decisão para os pênaltis. O Quilombo tem oito jogos, oito vitórias e 16 gols marcados, apenas um sofrido. A equipe deve estar completa para a final, pois já houve o retorno do goleiro Naldo, ele sofreu um acidente de trânsito logo após a segunda partida da semifinal. Assim, a equipe vai a campo com: Naldo, Fabrício, Jansser, Amaral, Arthur, Guézinho, Léo Roque, Leandro, Júnior Marçal, Diego e Marcelo (Rafael). Técnico Walter. O Choro tem três vitórias, três empates e duas derrotas, justamente perdeu duas vezes para o Quilombo. Fez 13 gols e sofreu nove. O time conta com a volta de Mateus, ele cumpriu suspensão. Assim: Athos, Pombo, Coelho, Toninho, Mateus, Lucas, Dernivaldo, Popó, Caldense, Felipe e Daninho. O treinador é Tampinha.

Na categoria principal, foram 35 jogos, exatamente 100 gols marcados, uma média de 2,8 gols por jogo, o melhor ataque é do Cacôco, com 19 gols marcados e as melhores defesas são do Pedregal e do Choro, seis gols sofridos, cada. Artilheiro: Pablo Santos (Choro), com seis gols. Goleiros menos Vazados: Athos (Choro) e Roxinho (Pedregal), ambos com seis gols sofridos.

A missão do Choro também é vencer para levar a decisão para os pênaltis. O time da casa tem quatro vitórias, quatro empates e uma derrota, justamente para o Pedregal a única derrota da equipe. Fez 12 gols, sofreu seis. Tem a volta do meia Mimi, ele cumpriu suspensão. O time provável: Vinícius Marreta, Zumbi, Messias, Elder, Ruan, Mimi, Fredinho, Felipinho, Pig, Pablo Japão e Gabriel. Técnico Coelho e destaque para Pablo Japão, que marcou 50% dos gols da equipe. O Pedregal com cinco vitórias, dois empates e uma derrota. Esta derrota logo na estreia, frente ao Inhame. O time fez 13 gols e sofreu seis. Provável escalação: Roxinho, Gustavo, Chicão, Luan, Tulio, Felipe Nigéria, Renatinho, Fusca, Jackson, Mateus e João Marcos. Técnico Kilder.

A comunidade Rural do Choro fica às margens da BR 494, sentido Nova Serrana, cerca de 14 km, todo em asfalto.

Campanhas
CAMPANHA DAS EQUIPES
CHORO QUILOMBO
Jogos 08 Jogos 08
Vitoria 03 Vitoria 08
Empates 03 Empates 00
Derrotas 02 Derrotas 00
Gols Pro 13 Gols Pro 16
Gols Contra 09 Gols Contra 01
Saldo de Gols 04 Saldo de Gols 15


CAMPANHA DAS EQUIPES
CHORO PEDREGAL
Jogos 08 Jogos 08
Vitoria 04 Vitoria 05
Empates 03 Empates 02
Derrotas 01 Derrotas 01
Gols Pro 12 Gols Pro 13
Gols Contra 06 Gols Contra 06
Saldo de Gols 06 Saldo de Gols 07

 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.