terça-feira, 10 de Dezembro de 2013 09:22h Luciano Eurides

Tupi está classificado para a final do Campeonato de Juniores da LMDD

O Tupi de Carmo do Cajuru entrou em campo, no último domingo (8) diante da própria torcida, no estádio José Marra da Silva, em Carmo do Cajuru para enfrentar o União Belvedere. A obrigação de vencer era da equipe de Divinópolis, no entanto Pablo Ferreira (Japão) estava em dia inspirado, fez três gols e classificou o time alvinegro cajuruense para a final.
A partida de ida, na Arena Pneumática do Belvedere II, terminou 2x2, assim as equipes, em especial o União Belvedere, entrou em campo para vencer. Instantes antes do jogo caiu uma chuva rápida que deixou o campo escorregadio. Logo depois o sol brilhou e junto com ele Pablo Japão. O primeiro tempo foi um jogo muito igual, o Tupi tinha um meio campo mais consistente, mas pecava no ataque, perdia gols com Diego Doidera e Tallys, chances claras e a bola insistia em ir para fora.
No segundo tempo o Tupi continuou melhor e o União esperava uma falha da defesa alvinegra para marcar o gol. Já o time da casa passou a usar os chutes de fora da área com Guilherme Rosquinha, uma acertou o travessão. O União tinha em campo Lucas, embora um pouquinho cansado pelo forte calor e o campo pesado, ainda assim protegia a defesa e levava o time ao campo de ataque, a substituição dele, que fazia a marcação impecável no meio campo, liberou Ruan e Pablo, assim o Tupi cresceu.
Aos dez minutos da segunda etapa houve a cobrança de escanteio e Diego ou Doidera desviou a bola tocou em Pablo Japão e entrou no cantinho, 1x0 para o Tupi. Dez minutos depois o Tupi ampliou com Pablo Japão, ele recebeu a bola e tocou na saída do goleiro para fazer 2x0 e aos 37 novamente Pablo Japão que de fora da área chutou para fechar o placar em 3x0.
Os jogos finais da categoria junior deverão ser disputados em duas partidas, a primeira no estádio José Marra da Silva, o campo do Tupi e a segunda no Caldeirão do Diabo, campo do Projeto Esportivo Candelária (PEC), no bairro Candelária. Pablo Ferreira (Japão), artilheiro do jogo prevê que a decisão da categoria juniores será complicada. “Lutamos para classificar em primeiro lugar e não deu certo, vamos fazer o segundo jogo lá, será difícil, mas nosso time está confiante em fazer um bom resultado aqui e levar essa vantagem para lá, desde quando foi  montado o grupo todos sabíamos que éramos favoritos e mantivemos os pés no chão, com muita simplicidade,  chegaremos lá”, falou o atleta que se fosse no Fantástico pediria a música. “Aproveitei bem as oportunidades e foram muitas e consegui fazer os gols, pediria no Fantástico a música Filhos da Simplicidade do Grupo Revelação”, declarou.
O atleta Guilherme Rosquinha é um dos destaques da categoria júnior e a cada partida se destaca mais. Ele avalia como será a grande final. “O mando de campo prevaleceu, no Belvedere não conseguimos jogar, nosso time tecnicamente é melhor, colocamos a bola para rodar e conseguimos fazer os gols, temos agora de fazer o resultado no nosso campo, que jogar no campo deles é pior que atuar no Belvedere, a torcida coloca pressão, o juiz fica influenciado e faremos o resultado aqui. A união do grupo é muito grande, a bola sobra, o Pablo vai ser campeão e artilheiro se Deus quiser”, garantiu.

Leia Também

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.