terça-feira, 4 de Outubro de 2016 13:44h Carlos Henrique

UFC- Em luta altamente técnica, Lineker bate Dodson e pede por Dominick Cruz

Brasileira estreia com vitória, e Cowboy nocauteia

Polêmico, mas bom para o Brasil. O “mãos de pedra” John Lineker, após cinco rounds intensos contra o rápido e eficiente John Dodson, venceu o main-event da noite do UFC Portland. O americano veio com uma estratégia de recuar, esperar a iniciativa do brasilei­ro e jogar nos contra-ataques, acertando bons golpes. Com vitórias claras no primeiro e último round, a expectativa era que o americano teria vencido, já que, no segundo e quarto round, com muito equilíbrio, dava margem para interpretação. Porém, dois jurados laterais deram vitória para Lineker, e o paranaense, ousado, pediu o campeão dominante da categoria, Do­minick Cruz, em seu próximo desafio. Essa é a quinta vitória consecutiva do brasileiro, e é bem plausível sua solicitação pelo title-shot.

No Co-main event, Alex “Cowboy” Oliveira fez dois primeiros rounds de intensi­dade contra Will Brooks. No segundo, passou por maus bocados, perdeu, mas con­seguiu voltar muito bem no terceiro, aproveitando-se do nítido cansaço do americano e aplicou um belo nocaute aos 3:30 do segundo round.

Outros três brasileiros es­tiveram presentes no card. A estreante Ketlen Viera não fez feio e, em um combate apertado, venceu por decisão dividida a americana Kelly Faszholz. Luis Henrique da Silva, por finalização, e Elizeu Zaleski dos Santos, por deci­são unanime, também triunfa­ram. A baixa ficou por conta de Hacran Dias, que foi derrotado por decisão unânime para o americano André Fili.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.