quinta-feira, 7 de Março de 2013 05:29h Luciano Eurides

Vasco da Gama busca jogadores da categoria infantil

Com a categoria juvenil praticamente já formada a equipe cruzmaltina volta seus olhos para a formação da equipe infantil.

A Associação Vasco da Gama de Divinópolis efetuou o pagamento da taxa de participação no campeonato mineiro juvenil e infantil de 2013. A Competição é promovida pela Federação Mineira de Futebol (FMF), e com isso está confirmado na disputa da seletiva de 2013. Com a categoria juvenil praticamente já formada a equipe cruzmaltina volta seus olhos para a formação da equipe infantil.
Segundo o dirigente Gilmar fica aberto aos atletas interessados, das categorias 98 e 99 da cidade e região, a participação na equipe para disputa do campeonato mineiro de 2013. “A equipe juvenil está praticamente montada e estamos voltando os olhos para o infantil, onde até o final do mês queremos ter uma equipe competitiva. A principio convidaremos alguns atletas, caso não se complete o numero de jogadores necessário, faremos uma peneira”, contou. Aos interessados procurar no campo do Vasco, no horário de 19h às 21h, as informações de como participar da equipe.
O juvenil treinou no Farião no último domingo (03), o coletivo foi comandado por Gilmar, já que Leléo não compareceu. Novidade foi Juninho, ele que é de Pitangui, está morando em Divinópolis, jogou pelo América Mineiro e Esporte Clube Itaúna. O jogador estava um pouco acima do peso, mas com o trabalho físico estará em plena forma para jogar o Mineiro. “Fiquei no Itaúna onde fui para a Copa São Paulo, conversei com o Gilmar e estou aqui, sou volante, joguei muito tempo de zagueiro também. O trabalho aqui é muito bom, os meninos têm muita qualidade, estou um pouquinho acima do peso, faço um trabalho a mais e estou voltando a forma física em trinta dias”, garantiu.
Gabriel Cromado não fez parte do elenco do Guaravasco, portanto o gramado e as dimensões do campo são mais desconhecidas para ele e assim garante que tudo muda em relação ao treino. “Tem de colocar a bola no chão, o campo é grande e para marcar é mais difícil e vamos nos acostumar. O Mateus Quintino, por exemplo, é difícil de marcar, ele é trombador, gira o corpo, é muito forte, é difícil de marcá-lo”, considerou.
No treino de terça-feira (05) o lateral esquerdo Junior Marçal torceu o tornozelo, e na quarta-feira (06) acordou com inchaço e dor. O médico constatou uma torção nos ligamentos grau 1. “Tem que ficar na base do gelo mesmo e estar parado de duas a três semanas. Vou fazer de tudo pra melhorar o mais rápido possível”, comentou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.