terça-feira, 11 de Dezembro de 2012 05:06h Atualizado em 11 de Dezembro de 2012 às 05:14h. Luciano Eurides

Vasco da Gama é campeão da imef 2012

Com futebol de gente grande o Vasco da Gama de Divinópolis não tomou conhecimento do adversário e venceu por 3x0

campeão do Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef) de forma invicta. A partida foi realizada no Campo do São Cristóvão, em Betim. O Alvinegro fez 3x0 e comemorou muito.
O Campo do São Cristóvão tem um bom gramado, as arquibancadas e outras estruturas são horríveis; o time da cidade de Divinópolis nem tomou conhecimento do adversário, logo aos cinco minutos de jogo Júnior Marçal cobrou escanteio e Bruno abriu o placar. Logo depois começou uma confusão entre diretores dos dois clubes. O time do Cefapi não tinha bola em condições de jogo, como manda o regulamento da competição, o jogo poderia ser parado ali mesmo, mas ficou por apenas quatro minutos, pois o time alvinegro fez questão de jogar e vencer.
O treinador Gilmar foi excluído da partida a mando do árbitro. Felipe Azevedo assumiu o comando técnico e o Vasco as ações dentro de campo. Ainda no primeiro tempo novo escanteio, Junior Marçal cobrou e João Pedro fez de cabeça 2x0. A vantagem já na primeira etapa dava mostras da superioridade da equipe cruzmaltina.
O sol forte, o desgaste físico intenso, uma reação já era praticamente impossível, ainda mais quando aos 13 do segundo tempo, João Pedro marcou o terceiro gol decretando a vitória vascaína e garantindo o título para Divinópolis. O jogo continuou com o Cefapi tentando furar a boa marcação, não conseguindo e assim a festa foi mesmo em branco e preto.
Para o capitão da equipe, o volante Daniel o título tem um sabor especial, mesmo porque ele não estava junto da equipe na conquista do título de campeão da cidade de Divinópolis. “Eu tinha machucado o joelho e fiquei três meses parado, valeu a pena, muito trabalho e jogamos com muita raça”, garantiu.
João Pedro, atleta que não treinou durante a semana, sentindo dores no pé e foi para o jogo e marcou os gols importantes para a equipe. “Jogamos no sacrifício, mas deu tudo certo, nosso time jogou bem e conseguimos a vitória e temos de comemorar muito a vitória, o diferencial foi o grupo com união e raça. A garra do nosso time, ele é mais novo, mas chegamos com tudo para conseguirmos esse título”, disse.
O atacante Bruno, artilheiro da competição,  marcou o primeiro gol da vitória e comemorou como se estivesse em uma moto, e explicou a cena. “Tem uma aposta particular minha com meu tio onde se eu fizesse o gol eu ganharia uma moto se saísse comemorando pilotando já, fiz a comemoração, e está combinado que a ganho quando eu fizer 18 anos”, contou e planeja um 2013 ainda melhor. “Disputamos pensando no ano que vem, onde será da nossa categoria (todos atletas do Vasco nascidos em 1996 ou 1997, é permitido a presença de jogadores nascidos em 1995) concentrados no ano que vem quando é nosso foco”, garantiu.
O treinador Gilmar ressaltou que este é um time vencedor, “Queriam jogar mesmo com o resultado garantido pela irregularidade do adversário. Este time está preparado para o Mineiro da Federação Mineira de Futebol (FMF). Para o ano que vem voltamos em janeiro”, falou.
Na entrega do troféu de melhor treinador, quem recebeu a premiação foi Felipe Azevedo, comandante do último jogo e quem foi o treinador inicial do grupo. “Uma honra pra mim que fiquei praticamente um semestre a frente da equipe e o Gilmar me deu essa honra enorme e ele considerou a importância do nosso trabalho e eles tem uma missão ainda maior”, ressaltou.

 

2003


Na categoria 2003, jogo preliminar a categoria juvenil, o Vasco da Gama venceu o Sintetic Boll. O time de Divinópolis fez 1x0 com Gabriel ainda no primeiro tempo e aumentou com João Pedro na etapa complementar, 2x0.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.