quinta-feira, 15 de Outubro de 2015 09:46h Atualizado em 15 de Outubro de 2015 às 09:54h.

Vasco da Gama recebe recursos para investir em novo gramado

A Associação do Vasco da Gama de Divinópolis confirmou nesta quarta-feira (14) que conseguiu recursos para gramar o seu campo

Os recursos de R$ 100 mil chegam através de emenda parlamentar do deputado estadual, Fábio Avelar, e beneficiará quase 500 jovens de 3 a 15 anos assistidos pela associação.

De acordo com o presidente da Associação do Vasco da Gama, Miguel José da Silva, atualmente o campo tem apenas 30% de grama e prejudica o desenvolvimento do trabalho com os jovens. “Com recursos liberados pelo deputado Fábio Avelar, deixaremos o campo um tapete para os meninos treinarem com maior qualidade. Agora estamos preparando a documentação para receber os recursos e aplicar no gramado para beneficiar nossos jovens”, afirmou Silva.

O Vasco da Gama de Divinópolis foi fundado em 1938 e, atualmente, tem 470 crianças matriculadas na associação para praticarem futebol. Destes, 220 estão nas escolinhas e 130 são jovens que disputam campeonatos na cidade e região. Outros 120 fazem parte do Projeto Paixão Pelo Vasco.

“Atendemos quase 500 jovens e estávamos buscando esses recursos há anos, mas foi surpreendente a agilidade do deputado que garantiu e cumpriu a verba para deixar o nosso campo em boas condições”, afirmou.

O deputado estadual, Fábio Avelar, destacou o trabalho sério da associação e a importância de valorizar o futebol de base.
“Sempre fui desportista e apoiador de esportes. Acredito no esporte como forma de lazer saudável, sobretudo para a juventude. Conhecemos o trabalho sério do Vasco e sabemos do empenho de todos para contribuir na formação das crianças”, afirmou o deputado, que faz parte da Comissão de Esporte e Lazer da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG).

A primeira parcela de R$ 50 mil será depositada na conta da associação. Além do gramado, os recursos também serão destinados para a troca do alambrado e o novo vestiário para as crianças. A previsão é que a grama comece a ser aplicada em novembro.
O projeto está sendo apoiado por Patmoss - Patrimônio e Mobilização em Sustentabilidade Social - Gestão em projetos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.