quarta-feira, 22 de Maio de 2013 06:06h Luciano Eurides

Vasco da Gama sai melhor no clássico frente o Palmeiras

O estádio dr Sebastião Gomes Guimarães recebeu na tarde do último sábado (18) o clássico divinopolitano Vasco x Palmeiras, foram três jogos, categoria mirim, pré infantil e infantil.

O estádio dr Sebastião Gomes Guimarães recebeu na tarde do último sábado (18) o clássico divinopolitano Vasco x Palmeiras, foram três jogos, categoria mirim, pré infantil e infantil. Na categoria mirim o time alvinegro com um gol no último minuto de partida fez 1x0 e garantiu os três pontos. Na pré infantil o time cruzmaltino goleou por 5x1 e no infantil um bom empate sem gols. Todos os jogos válidos pelo Campeonato do Instituto Mineiro de Escolinhas de Futebol (Imef).

Na categoria mirim, as duas equipes se respeitaram bastante. O goleiro do Palmeiras fez uma grande defesa no primeiro lance do jogo, logo depois a bola percorreu o gol do Vasco da Gama e ninguém para empurrar para o gol. O jogo transcorreu com muita marcação e pouco espaço para arremates a gol, isso até o último minuto de partida quando Rodrigo marcou o único gol do jogo e garantiu os três pontos do time cruzmaltino que segue na briga pela liderança da chave.

Pela pré infantil o Vasco da Gama não perdoou e fez 5x1 em cima do Palmeiras e não teve dificuldades em vencer com folga. O time cruzmaltino começou melhor e querendo trabalhar a bola. Pouco pressionado pelo adversário chegou tocando a bola. Aos dez minutos, uma jogada pela direita e Gabriel marcou o gol. Aos 20, novo cruzamento e Luan fez 2x0. Aos 22, Leonardo fez para o Vasco da Gama e assim já se desenhava a goleada. No segundo tempo uma reprise do primeiro. Valquírio e Gabriel marcaram os gols vascaínos e Vitor com um lindo chute de fora da área diminuiu o marcador.

O clássico tomou ares de grande decisão na categoria infantil. O time da casa com uma formação diferente da usada no campeonato da Federação Mineira de Futebol, mas com os mesmos jogadores que estão inscritos na Imef. O Palmeiras se apresentou com uma formação diferente pela ausência de Tales, mas  esta foi considerada a grande favorita no jogo.

O Palmeiras atacava mais, chegava ao gol adversário e poderia ter marcado o gol. O Vasco da Gama se segurava bem, tinha uma saída de bola e por vezes chegou a assustar o goleiro Vitinho. Qualquer equipe poderia ter vencido, mas o Palmeiras estava lutando mais e chegou a se desesperar com a arbitragem. Diego foi expulso e com um jogador a menos, a vida do time alviverde se dificultou.

Para o jogador Gustavo da Pinta, da equipe do Palmeiras, o resultado não foi bom. “Foi justo por conta da partida, o juiz deu uma força para o Vasco, não era o resultado esperado, pois temos pela frente a Liga Mineira, um adversário difícil e vamos buscar o resultado. Já estamos classificados, mas não queremos o segundo lugar”, falou.
O treinador da equipe do Palmeiras concordou com o atleta. “Jogamos melhor, tivemos mais volume de jogo e merecíamos sair com a vitória. O time esquentou a cabeça no final do jogo e perdeu dois jogadores (Diego e Pelé), atletas acostumados com campeonatos e também a jogar fora de casa”, disse.

Delano, treinador do Vasco da Gama analisou como um ponto ganho. “Jogo difícil bem disputado e jogaram querendo a vitória. Por ser um clássico, um empate é sempre bem vindo aqui no Vasco ou no campo do Palmeiras”, considerou.
Na última rodada da fase de classificação o Vasco da Gama enfrentará o Pequeno Atleta, em Belo Horizonte, no campo do Ferroviário. Já o Palmeiras recebe a Liga Mineira no estádio Pelezinho.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.