sexta-feira, 20 de Abril de 2012 19:34h Atualizado em 21 de Abril de 2012 às 08:03h. Luciano Eurides

Vasco e Jusa Fonseca categoria 96 teve ingredientes de um grande clássico

Um grande clássico é feito de rivalidade, público e polemica. Muitas vezes os cartões vermelhos e lances bruscos são sinônimos de entrega e dedicação dos jogadores. As reclamações são normalmente aqueles impedimentos, faltas e até mesmo pênalti não marcado.
A categoria 96 das equipes do Vasco da Gama e Jusa Fonseca entraram em campo obstinadas a vencer. O alvinegro foi mais competente e logo com cinco minutos de jogo abriu o placar em um bom chute cruzado da direita.
O time da casa chegava com muita força, aos 21 minutos a bola ficou esperando dentro da área do Jusa Fonseca e ninguém aparecia para chuta-la. O goleiro Ruan fazia ótimas defesas. O primeiro tempo foi de um Vasco da Gama melhor e com margem de um Jusa com muito potencial para crescer.
No segundo tempo, a liderança do jogador Chorão, que havia entrado ainda no primeiro tempo, levou o time azul e branco para cima da equipe da casa. Mas a bola foi um pouco esquecida. As jogadas de força e as vezes até mesmo desleal tomaram conta da partida. o talento presente nos times foi dando lugar a energia dos atletas.
Muitas vezes, nas disputas de bola havia provocações de ambos os lados. Enquanto a equipe do Vasco da Gama preparava para alçar a bola na área do Jusa eis que o zagueiro da um soco nas costas de Vinícius. O arbitro aplicou cartão vermelho para os dois. Vinícius já havia sido advertido por um lance muito forte onde o jogador do Jusa atingiu o alambrado e teve cortes no rosto.
Pelo lado do Vasco da Gama, cromado que também provocava os adversários. Em um lance, ele obstruiu o ataque do Jusa Fonseca, recebeu o segundo cartão amarelo e ainda  reclamou ostensivamente com a arbitragem. O Jusa Fonseca também teve outro atleta expulso, Pedro fez uma falta muito forte e desnecessária, no meio do campo e recebeu cartão vermelho. Para finalizar as expulsões, no final da partida Léo Ribeiro também foi expulso.
O Jusa Fonseca teve a oportunidade dele, o goleiro alvinegro deu uma bobeira muito grande, e depois se redimiu com uma defesa salvadora. O placar de 1x0 para o Vasco da Gama prevaleceu.
O Vasco da Gama segue com 100% de aproveitamento. Essa foi a primeira derrota da equipe do Jusa Fonseca.

CONFLITO
Natural em se tratando de duas da equipes de muito crescimento na cidade. O Vasco de uma tradição de décadas passou por uma renovação e desde então cresce a cada ano de forma a disputar as principais competições do estado. O Jusa Fonseca é a equipe que mais cresceu nos últimos anos. Deixou de ser um time de bairro para ser um grande representante da cidade e um formador de craques.
Após a partida as torcidas acabaram se provocando. Situação que também ocorreu dentro de campo. A pouca idade e grande força física, aliada a vontade de vencer levaram atletas ao extremo. Muitos a contusão e a certeza de jogos cada vez mais intensos.

JUSÃO
O secretário Municipal Dreyfus Rabelo garantiu a nossa reportagem que o campo estará pronto para ser utilizado nesse sábado. Segundo ele até mesmo o serviço de topografia foi realizado para a recolocação do alambrado.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.