quarta-feira, 22 de Janeiro de 2014 05:36h Redação

VEM AÍ O MINEIRO COM OU SEM PRESIDENTE

Bom dia aos amantes, admiradores, seguidores e chutadores da vadia.
    _ Neste próximo fim de semana, exatamente no domingo 26 de janeiro serão abertas as cortinas do Campeonato Mineiro de Futebol, Modulo I. A fórmula de disputa há muito conhecida, tem três fases distintas, os 12 clubes jogam ente si em um único turno, classificando-se os quatro primeiros para a fase semifinal, com jogos de ida e volta, classificando-se dois para a grande final , jogada também em ida e volta. Sendo rebaixados para a modulo II em 2015 os dois últimos na tabela de classificação ao término da primeira fase.
  _ Os sábios e filósofos da vadia afirmam que existem somente duas vagas para a fase semifinal, pois duas com certeza serão da dupla rapogalo, levando-se em consideração os altos investimentos e agora ao status de campeões do Brasil e da América conquistado em 2013. Os outros dez que se virem nos trinta para conseguirem as outras duas vagas. Os especialistas em rebaixamento já começaram a fazer suas previsões para os meros coadjuvantes da festa, entre eles estão a URT (Patos de Minas), Nacional (Muriaé), entre outros.
    _ Eu como bom bugrino e não nego que meu coração é vermelho e branco me recuso a colocar o nosso GUARANI ESPORTE CLUBE nesta relação de prováveis candidatos a segundona em 2015.
      _ Tenho meus motivos:
• A volta para casa, se é que não vão melar, aí quem não vai gostar nada é o Roberto Carlos,” Eu voltei agora pra ficar ...”
• A participação atuante dos conselheiros do clube, com as reuniões e contribuições mensais, como também de colaboradores e apaixonados pelo clube do Porto Velho.
• A dedicação e o envolvimento da atual diretoria com uma visão administrativa futurista e não imediatista.
• O potencial e o profissionalismo da Comissão Técnica capitaneada pelo Leston Junior.
• Os atletas os quais buscam, na sua maioria uma projeção à nível nacional. Não faltarão com certeza empenho, dedicação, profissionalismo e amor a camisa.
Minha única dúvida é em relação a nossa torcida que nos últimos tempos tem encolhido, diminuiu consideravelmente, não sei se teriam ou não um só motivo ou vários? Tenho saudades do Farião com três ou quatro mil torcedores nossos, vermelhando de verdade o estádio e entoando hinos e cânticos os quais enchiam de brios e contagiavam os jogadores dentro do campo de jogo.
Vamos aguardar domingo e espero ser real minha nostalgia dos anos 70 e 80, vamos bugre, dá-lhe bugre, pois vermelho e branco é sinal de guerra, é o guarani que estremece a terra.

                           OS TRAPALHÕES NO PAÍS DO FUTEBOL

Trapalhada 1 -A enxurrada de liminares contra e a favor da Portuguesa, Fluminense, que dormem na primeira e acordam na segunda divisão do brasileirão 2014, um manda o outro desmanda. Virou casa da “Mãe Joana”.

Trapalhada 2- A marmelada no jogo entre o Atlético Mineiro e o Nacional de São Paulo pela Taça Caça Talentos e Níquel São Paulo de Futebol Juniors . Uma vergonha.

Trapalhada 3 – A Federação do Marco Polo Del Nero, adiou na sexta feira o jogo entre Ponte Preta e Ituano, pois descobriram em cima da hora que o MAJESTOSO Moises Lucarelli estava mais para PLEBEU. Foi vetado para receber o espetáculo válido pelo Paulistão 2014.

Trapalhada 4- A Secretaria de Esportes e Juventude da Paraíba liberou para um jogo de futebol um estádio com um gramado que mais parecia um tatutodromo, onde os tatus fazem e habitam em seus buracos com ares arquitetônicos. Cinco jogadores saíram de campo com torços e lesões.

Trapalhada 5 – Vem da Capital dos Pampas, o jogo São José X  Grêmio foi disputado num gramado sintético com um calor insuportável, cuja a sensação térmica era de sessenta e oito graus centigrados. Os caras mergulharam seus pés em vasilhas com gelo, de chuteira e tudo. É mole ou quer mais... vou morrer e não vou ver tudo.

Trapalhada 6- Essa é nossa e ninguém tasca, a Federação Mineira de Futebol tem e não tem Presidente, sai o Paulo Squetino, espere aí ele esta voltando. E as eleições marcadas para fevereiro acontecerão ou não, me responda espelho meu ...

Não sinto nenhuma saudade do DIDI, DEDÉ, MUSSUM E ZACARIAS, pois esses nossos mandantes e desordeiros dirigentes de futebol com suas armações e artimanhas superam o quarteto do PLIMPLIM GLOBAL.

Alô você, eu continuo sem patrocinador para minha coluna, me ajuda aí, ligue já (37) 8837-5071 ou 9138-9807, fale comigo e me dê o prazer de ser meu anunciante.
 

Leia Também

Imagem principal

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.