sexta-feira, 25 de Abril de 2014 07:58h Atualizado em 25 de Abril de 2014 às 08:00h. Luciano Eurides

Virada histórica no clássico Palmeiras e Vasco da Gama

Em jogos válidos pela Taça Pará de Minas de Futebol, na noite de quarta-feira, o Palmeiras conseguiu as três vitórias no estádio Pelezinho, frente ao rival Vasco da Gama.

Em jogo bastante disputado o time verde e preto ganhou por 3 a 2 na categoria 2000 – a equipe saiu perdendo e teve de fazer uma virada heroica e histórica. Na categoria 2000 a vitória palmeirense foi por 1 a 0, com gol de Gian. E na 2004 o Palmeiras foi o vencedor por 2 a 1.

O Vasco da Gama saiu na frente com Thiago aos oito minutos de jogo. Ele aproveitou o apagão na defesa do time da casa, chutou a bola que desviou e entrou. Logo depois, nova falha defensiva do Palmeiras e Silva marcou o segundo gol do Vasco. O jogo se transformou aos 14 minutos. Marcos Paulo fez o gol do Palmeiras, recolocou o time em condições de brigar pelo placar e lutou muito.

No segundo tempo o jogo foi disputado na força. Uma batalha a cada disputa de bola e foi em uma cobrança de falta que Marcelinho, aos 26 minutos, cobriu o goleiro João Vitor, empatou e comemorou muito. A estrela de Caio brilhou aos 29, quando ele aproveitou a enfiada de bola e marcou o gol da virada e da festa.

Virada

O Palmeiras saiu de derrota frente ao Flamengo e teve o poder da recuperação. Para João Pedro o time mudou a forma de encarar o adversário. “Mudou tudo, jogamos bola, tivemos o apoio da torcida e no Palmeiras não tem vez para nenhum time. Começamos perdendo, tivemos cabeça no lugar e continuamos a jogar bola, eles chegaram a bater [fazer muitas faltas] e ninguém ganha aqui dentro. Sempre procurar o impossível, isso que fizemos e conseguimos”, analisou. Na partida saíram machucados o zagueiro, Antônio, sentindo o joelho direito e Marcelinho, com dores no joelho esquerdo. Lelê teve dificuldades e, segundo a mãe dele, estava com pneumonia.

Pelo lado do Vasco da Gama registra-se a insatisfação com a arbitragem, houve revolta por parte da comissão técnica e jogadores.

Na categoria 2002 o Vasco da Gama entrou em campo com certo favoritismo, mas encontrou um Palmeiras disposto a jogar futebol. As duas equipes tiveram chances de marcar, os goleiros fizeram ótimas defesas, o empate premiava a excelente atuação dos arqueiros.

O futebol prevalecia e as jogadas eram leais e totalmente sem violência, até mesmo no pênalti que gerou o único gol da partida. Eduardo foi segurado dentro da área e o pênalti foi marcado. O capitão, Gian, assumiu a responsabilidade e fez uma cobrança segura, marcando o gol da vitória.

Após o gol a equipe cruzmaltina estabeleceu pressão sobre o adversário, mas o goleiro, Mateus, em noite inspirada, garantiu a vitória e os pontos. O capitão, Gian, falou da vitória. “Hoje foi muito difícil, conseguimos o pênalti e vencemos. Todos falaram que iríamos perder e mostramos ser possível. Nosso treinador [Adalberto] teve coragem de colocar os jogadores e conseguimos fazer esse resultado”, disse.

Na categoria 2004 o time alviverde venceu por 2 a 1. Gols de Gabriel e Vitor. O Palmeiras começou vencendo com um gol de Gabriel, que é da cidade de Carmo da Mata e reforça o time divinopolitano muito bem, pois fez um grande jogo. No segundo tempo o jogador Vitor ampliou o marcador. Ele chutou da intermediária, a bola tocou o chão e ganhou altura cobrindo o goleiro.

Já no final da partida o time da casa continuou no ataque e cedeu espaço para Kelvin diminuir o marcador. Vitor é do Palmeiras, onde começou há dois anos. “O menino tirou a bola e eu peguei a bola recuada, dominei e chutei, sou do Palmeiras e estou feliz aqui”, falou. Já o garotinho Gabriel também contou o gol dele. “O menino mandou a bola para mim e eu tirei do zagueiro e mandei de esquerda no canto, sou de Carmo da Mata e estou gostando de jogar aqui, o time é bom”, disse.

Este jogo foi adiado na primeira vez que fio disputado porque, na ocasião, choveu muito e a partida foi cancelada. Neste jogo, faltando dois minutos para o final, houve uma queda de energia rapidamente restabelecida, e a partida terminou com o Palmeiras vencedor.

 

Crédito da foto : Luciano Eurides

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.