quinta-feira, 22 de Novembro de 2012 11:28h Gazeta do Oeste

Wellington Paulista quer ser titular

Artilheiro do Cruzeiro na temporada, com 27 gols, e do time no Campeonato Brasileiro, com nove gols, o atacante Wellington Paulista volta a ficar à disposição do técnico Celso Roth, após cumprir suspensão na vitória de 2 a 0 sobre o Fluminense-RJ, no último domingo, no Engenhão, no Rio de Janeiro-RJ.

 


Sem poder contar com Anselmo Ramon, que vinha sendo o titular e recebeu o terceiro cartão amarelo na última partida, o treinador pode optar por Paulista para ser titular no jogo de domingo, contra o Coritiba, às 17h, no estádio Independência, pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. E o jogador está motivado e a fim de atuar novamente. “É o que eu quero. Se a oportunidade vier contra o Coritiba, vou procurar ajudar o Cruzeiro. Eu sempre fui confiante. Gosto do que eu faço, amo jogar futebol. Se eu entrar contra o Coritiba, vou procurar entrar em campo e corresponder à altura, que é o mais importante para mim”, disse.

 


Sobre a reta final do Cruzeiro no Brasileirão, nos dois jogos que ainda restam, contra Coritiba e Atlético-MG, Wellington Paulista afirmou que a equipe espera terminar a temporada com outras boas atuações, já pensando em iniciar bem 2013. “Era o que a gente queria. A gente não queria brigar lá em baixo, para não chegar perto da zona de rebaixamento. A gente queria estar brigando pelo título, pela Copa Libertadores. Mas acabou que fizemos algumas coisas erradas e passamos a metade do campeonato ali embaixo. O mais importante agora é acabar com dignidade, para começar o ano que vem bem melhor do que foi neste ano”.

 

 

SUB 20

 


O Cruzeiro lutou bastante nesta terça-feira, mas não conseguiu superar o Vitória-BA e está agora eliminado da Copa do Brasil Sub-20. Em partida válida pelas quartas de final da competição, realizada em Sete Lagoas-MG, na Arena do Jacaré, o Cruzeiro precisava vencer por dois gols de diferença para ao menos, levar a decisão para os pênaltis.

 


Logo no primeiro tempo, as pretensões azuis celestes caíram por terra. O Vitória-BA abriu o placar e passou a jogar à vontade, para na etapa complementar marcar mais dois gols. Para a Torcida celeste, que marcou presença no estádio, ficou o alento de ver o artilheiro Vinícius Araújo marcar duas vezes nos minutos finais do jogo, para dar números finais à partida: 3 a 2 para o Vitória-BA.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.