segunda-feira, 3 de Setembro de 2012 10:30h Gazeta do Oeste

Wellington Paulista volta a comemorar e homenageia primo acidentado com gol

Autor do terceiro gol do triunfo celeste diante do Náutico, por 3 a 0, na noite deste domingo, no Estádio Independência, pelo Campeonato Brasileiro, o atacante Wellington Paulista voltou a comemorar com a camisa do Cruzeiro. Ao contrário do último jogo, contra o Atlético-GO, quando preferiu o silêncio, dessa vez ele não deixou de festejar perto da torcida.

Depois da partida, Wellington Paulista explicou o motivo da volta da comemoração de um gol. “Meu primo sofreu um acidente de caminhão, bateu na árvore e foi amputado. A comemoração foi para ele”, revelou o atacante, um dos vice-artilheiros do Brasileiro, com nove gols, ao lado de Alecsandro, do Vasco. Eles estão a um do trio Vagner Love (Flamengo), Luis Fabiano (São Paulo) e Fred (Fluminense), líderes na lista de goleadores.

O centroavante disse que o objetivo, além de ajudar o Cruzeiro a conquistar as vitórias, é marcar mais gols para se manter perto do topo. “Quero continuar assim, buscando meu espaço entre os 11, fazer os gols e ajudar o Cruzeiro. Entrei de novo e fiz o gol, as coisas estão fluindo para mim e para o Cruzeiro também. Fico feliz com a confiança e o mais importante é entrar com qualidade”, vibrou.

Wellington Paulista disse que já espera encontrar dificuldade para superar o bloqueio do Náutico. Mas ele considera que o Cruzeiro mereceu o resultado no segundo tempo. “O time do Náutico veio para marcar, com um atacante só, que era o Araújo. Sabíamos que tínhamos que impor nosso ritmo e buscar o contra-ataque. Tentamos fazer isso no primeiro tempo, mas não conseguimos. Mas fizemos no segundo tempo e saímos com uma boa vitória”, comentou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.