quarta-feira, 27 de Julho de 2016 15:52h Atualizado em 27 de Julho de 2016 às 15:54h. Paulo Coelho

Willian relembra parceria de sucesso com o novo técnico da Raposa

O retorno de Mano Menezes traz boas lembranças para todo o elenco cruzeirense, principalmente para Willian

Sob o comando do técnico, em 2015, o atacante viveu um dos seus melhores momentos com a camisa celeste, tendo marcado 11 gols em 16 jogos, tornando-se o artilheiro da Raposa naquela edição do Campeonato Brasileiro. 

Em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira, o avante relembrou o seu crescimento no período em que trabalhou com o ex-treinador da Seleção Brasileira e projetou uma melhora da equipe na sequência da temporada, ressaltando que não faltará dedicação dos atletas estrelados.

 

 

“Ano passado a gente oscilou muito, mas com a chegada do Mano, me fortaleci bastante, até por jogar mais perto do gol, com liberdade, algo que o Deivid me colocou e o Mano manteve. Com a volta dele, espero que possa dar sequência, tenho trabalhado bastante. Algo que fico tranquilo é que sempre me esforço. Estamos nos entregando e honrando a camisa. Nunca irá faltar isso da minha parte e nem da dos meus companheiros. Queremos sempre nos fortalecer e sair dessa situação o mais rápido possível”, declarou.

Na sequência, o camisa 9 citou alguns pontos positivos da chegada do comandante, que dirigiu o Maior de Minas em 16 compromissos no último ano. Nesse período, o Time do Povo conquistou oito vitórias, seis empates e sofreu apenas duas derrotas, saltando da 16ª para a 8ª colocação no Brasileirão.

 

 

"Não tem discussão sobre a qualidade do profissional que o Mano é, pelo trabalho que ele executou aqui em pouco tempo e pelo respaldo que a equipe dele teve junto ao torcedor, a reação que tivemos dentro do Brasileiro. Com certeza agora ele chega com um grupo mais qualificado e isso também é importante. O Mano já conhece o clube, isso facilita. Ele vai agregar muito nesse momento", afirmou.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.