quarta-feira, 13 de Agosto de 2014 07:00h

Zagueiro deve voltar no fim do Brasileirão ou somente em 2015

A artroscopia no tornozelo esquerdo do zagueiro, Réver, foi realizada com sucesso na noite desta segunda-feira, mas o capitão do Atlético precisará de três a quatro meses para se recuperar.

A informação foi repassada pela assessoria de imprensa do clube logo após o término da cirurgia.
Com problemas recorrentes no tornozelo esquerdo, Réver teve que ser operado para corrigir uma lesão na cartilagem. Se for necessário o tempo máximo de recuperação estipulado pelo departamento médico, o zagueiro poderá voltar a jogar somente em 2015. Caso contrário, o capitão alvinegro retornaria na reta final do Campeonato Brasileiro, que termina no dia 7 de dezembro.
A contusão no tornozelo começou em novembro do ano passado. O zagueiro se lesionou na partida contra a Portuguesa, no Canindé, pelo Campeonato Brasileiro, mas o departamento médico do Atlético optou pelo tratamento conservador, ou seja, sem cirurgia. O capitão voltou, disputou o Mundial de Clubes e operou o local no início desta temporada.
O camisa 4 retornou aos gramados e disputou algumas partidas, mas voltou a sentir a contusão no duelo contra o Criciúma, em maio, quando torceu o tornozelo. Após passar por novo tratamento conservador, Réver acusou dores no jogo com o Atlético-PR. No confronto com a Chapecoense, ele precisou ser substituído ainda no primeiro tempo.
Com a ausência de Réver, o jovem Jemerson, que substituiu o capitão diante da Chapecoense e no último domingo contra o Palmeiras, deve seguir no time titular. Outras opções do técnico, Levir Culpi, são Edcarlos, Emerson – que retornou de grave lesão – e Tiago, ex-Caxias, que está praticamente acertado com o Atlético.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.