quinta-feira, 5 de Maio de 2016 12:36h

Zagueiro do Fortaleza cai no doping por maconha e deve ser suspenso

O jovem zagueiro Max Oliveira, de apenas 22 anos, do Fortaleza, é mais um jogador de futebol a ser flagrado em exame antidoping

O resultado da contraprova de uma amostra colhida em 13 de março após o clássico contra o Ceará, ficou pronto nesta terça-feira e confirmou o resultado analítico adverso para a substância THC, que é o princípio ativo da maconha.

"Como trata-se de droga recreativa ilícita, o Fortaleza exime-se de qualquer responsabilidade sobre a conduta extracampo do atleta, embora assegure total apoio jurídico, médico e psicológico para a recuperação do mesmo", disse a diretoria do clube cearense, em comunicado oficial.

 

 

 

De acordo com a Federação Cearense de Futebol (FCF), o Fortaleza foi comunicado do resultado do exame em 19 de abril e prontamente solicitou a contraprova, cujo resultado ficou pronto agora. Desde então, ele está afastado. Por isso, não pega o Flamengo, nesta quarta, pela Copa do Brasil.

A suspensão preventiva de 30 dias, de praxe nesse tipo de caso, deverá ser aplicada pelo Tribunal de Justiça Desportiva de Futebol do Ceará (TJDF-CE). O Fortaleza é finalista do Campeonato Cearense, tendo vencido a primeira partida contra o Uniclinic por 4 a 1, fora de casa, no GV. O jogo de volta é domingo, na Arena Castelão.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.