sexta-feira, 21 de Março de 2014 06:18h Atualizado em 21 de Março de 2014 às 06:20h.

ACCCOM completa 19 anos de luta contra o câncer

Fundada em 21 de março de 1995, a Associação de Combate ao Câncer do Centro-Oeste de Minas completará 19 anos.

Para comemorar a data, será realizado um café junto aos pacientes e acompanhantes na Casa de Apoio ao Portador de Câncer, dia 20, quando o Padre Bento dará uma bênção e o paciente Célio da Silva, da cidade de Campo Belo, tocará violino. Segundo o presidente voluntário da Associação, Wilson Martins de Freitas, “a entidade atende a 86 cidades do Centro-Oeste de Minas, Alto São Francisco e parte do Sudoeste do Estado, uma população estimada em um milhão e 300 mil pessoas. Possui a Casa de Apoio ao Portador de Câncer, o Centro Assistencial, o Centro de Reabilitação Oral e a Prevenção. Construiu, equipou e expandiu o Hospital do Câncer e continua a fazer investimentos que somaram, em 2013, cerca de 2 milhões de reais. Recentemente conseguimos efetivar a compra do segundo acelerador linear para a radioterapia do Hospital do Câncer. Iniciamos neste mês de março o trabalho de uma assistente social da ACCCOM dentro do próprio Hospital; também começamos com atendimento quinzenal  da Dra. Andrea Fonseca Maia, dermatologista, na Associação, o que não havia antes e há grande necessidade, uma vez que o câncer de pele é o tipo mais incidente desta doença, tanto no Brasil quanto no mundo. Na oportunidade dos 19 anos da ACCCOM, agradecemos aos nossos doadores, parceiros, voluntários e funcionários que tem tornado possível essa nossa luta contra o câncer, pela vida. Muito obrigada a cada um de vocês!”.

 

História
A ACCCOM nasceu em 21 de março de 1995, do coração de pessoas solidárias do Centro-Oeste de Minas, que ao perceberem o sofrimento de quem convivia com o câncer e não tinha recursos para um tratamento digno na região, se associaram para buscar soluções para essa causa. O primeiro objetivo foi construir o Hospital do Câncer e posteriormente, acolher os pacientes de outras cidades que não tinham onde ficar para se tratarem diariamente em Divinópolis, então, foi construída a Casa de Apoio. Contudo, no intuito de que essas pessoas continuassem sendo cada vez mais bem atendidas, houve a necessidade de ampliar o serviço com a construção do Centro Assistencial e do Centro de Reabilitação Oral. Tudo isso só foi possível a partir da união desse povo solidário, que viabilizou o tratamento oncológico na região e que o mantém até hoje com pequenas doações de milhares de pessoas que também se solidarizam à causa.
Assim se fundou a ACCCOM, uma entidade sem fins lucrativos, políticos ou religiosos, que mantém a premissa de ajudar pessoas que convivem com o câncer, com evolução e aperfeiçoamento constante. Atualmente a Associação atende a uma população estimada em 1 milhão e 300 mil pessoas, em cerca de 86 cidades do Centro-Oeste de Minas, Alto São Francisco e parte do Sudoeste do Estado.
Para conhecimento, o Hospital do Câncer foi construído, equipado e inaugurado pela ACCCOM em 2001 e repassado à administração do Hospital São João de Deus. Em 2009 foi expandido pela entidade para 5 mil m² e é referência no tratamento de câncer na região, oferecendo mais de 200 mil atendimentos por ano, através do SUS. Esta obra inicial foi e continua sendo fonte de investimento constante da Associação.
As demais obras posteriores são administradas e custeadas integralmente pela ACCCOM. A Casa de Apoio, inaugurada em 2004 com 80 leitos e remodelada em 2013, acolhe aos pacientes e seus acompanhantes gratuitamente, com enfermagem 24 horas, 5 refeições diárias orientadas por nutricionistas e oficinas terapêuticas. O Centro Assistencial e o Centro de Reabilitação Oral, inaugurados em 2005 e 2012 respectivamente, prestam serviços de suporte ao tratamento oncológico, com atendimento de psicólogos, fonoaudiólogos, fisioterapeutas, assistentes sociais e dentistas. Realizam também ações preventivas e educativas no combate ao câncer e agilização de marcação de consultas, exames e cirurgias.
Para administrar todos esses serviços, bem como gerenciar as doações, a ACCCOM construiu o Centro Administrativo em 2011, que com credibilidade e profissionalismo, colabora com a viabilização de todo esse processo. Tudo isso é fruto das contribuições da população que, solidária, torna possível ajudar as pessoas na luta contra o câncer, pela vida!

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.