terça-feira, 9 de Agosto de 2016 17:56h SEDINOR

Ações do Sistema Sedinor/Idene serão destaque na Agriminas

Com apoio do Governo de Minas Gerais, 10ª edição da Agriminas é referência nacional na geração de negócios para os trabalhadores rurais do Estado

Desta quarta-feira (10/8) até o próximo domingo (14/8), a Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte, reunirá em uma só feira tudo relacionado à agricultura familiar de Minas Gerais, com a realização da 10ª edição da Agriminas.

 

Referência nacional na geração de negócios, o evento é uma realização da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de Minas Gerais (Fetaemg), com apoio do Governo de Minas Gerais.

 

Neste ano, o evento conta com a participação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais - Sedinor, e seu órgão operacional, o Instituto de Desenvolvimento do Norte e Nordeste de Minas Gerais - Idene, que estarão com um estande no local onde o público poderá se informar sobre o trabalho do sistema Sedinor/Idene nos 258 municípios que compõem a sua área de abrangência. Entre as ações estão os programas Água para Todos, Leite pela Vida, Artesanato em Movimento e Plano de Urgência para Enfrentamento da Seca.

 

No espaço, os visitantes poderão conhecer o funcionamento de algumas tecnologias sociais para abastecimento de água nas comunidades rurais. As estruturas que simulam um poço artesiano e uma cisterna para captação de água da chuva foram montadas pelo engenheiro do Idene, Nathércio Ramos. Ele também criou uma maquete do programa Leite pela Vida, que mostra toda a cadeia produtiva e a logística de distribuição do leite para os beneficiários.

 

“A Agriminas é um importante espaço para que as pessoas que moram na cidade conheçam os produtos e um pouco da realidade das famílias que vivem no campo. Uma oportunidade também para que o público conheça as ações que o Governo do Estado está realizando para melhorar a vida dessas pessoas. É isso que iremos mostrar”, destacou o diretor-geral do Idene, Ricardo Campos, que agradeceu a parceria da Fetaemg e da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário – Seda. 

 

Na Agriminas, os visitantes também poderão desfrutar da cultura do campo por meio de exposições e vendas de produtos, palestras, shows e degustação de alimentos diversos. Ao todo, cerca de 180 empreendimentos com produtos alimentícios típicos da agricultura familiar irão expor na feira. Neste ano, a novidade é a exposição de objetos e artesanatos típicos do interior.

 

Celebração

 

O evento celebra uma década de incentivo à agricultura familiar. Para o presidente da Fetaemg, Vilson Luiz da Silva, a feira traz motivação para o agricultor familiar. “Os visitantes irão perceber que os produtos têm um diferencial. A agricultura familiar, hoje, envolve diversos aspectos como a mão de obra familiar, questões sociais e ambientais, diminuindo até mesmo o êxodo rural e contribuindo para o PIB (produto interno bruto)”, diz o presidente.

 

A Agriminas já recebeu, nas nove primeiras edições, mais de 500 mil visitantes, envolvendo cerca de 35 mil agricultores familiares. O evento é uma vitrine para que cooperativas e associações possam comercializar os produtos da agricultura familiar para um público diverso. Além disso, a feira tem o papel de capacitação para os agricultores participantes e formação de público, trazendo informações e conhecimento dos produtos do campo aos moradores da capital.

 

Serviço:

 

Horário de funcionamento da Agriminas 2016:

 

Quarta-feira (16h às 22h)

Quinta e sexta-feira (das 14h às 22h)

Sábado (8h às 22h)

Domingo (8h às 18h)

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.