sexta-feira, 11 de Março de 2011 00:00h

Ações preventivas salvam vidas nas estradas mineiras durante feriado

Durante o feriado de Carnaval (4 a 9 de março) foram registrados 880 acidentes nos 8.957 quilômetros de estradas federais que cortam Minas Gerais, com 29 vítimas fatais. Nos 26.604 quilômetros de estradas sob responsabilidade estadual ocorreram 537 acidentes, com 16 mortes.

Os números são superiores aos registrados no mesmo período do ano passado e refletem a tendência de alta em todo o país. No Brasil, as estatísticas de acidentes e mortes aumentaram cerca de 50% somente nas estradas federais.

As ações preventivas realizadas em Minas Gerais, que tem a maior malha rodoviária nacional, resultaram na fiscalização de 62.891 veículos nas estradas e rodovias que cortam Minas Gerais. A operação foi realizada pela Polícia Militar, Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) e DER/MG. Foram aplicadas 7.804 multas por infrações ao Código de Trânsito.

Destaque para a autuação de 514 motoristas inabilitados, o que representa um aumento de 41,6% em relação a 2010. Os três órgãos, junto com a BHTrans apreenderam 281 veículos, removeram 452 e recuperaram seis.

Durante o Carnaval em Minas Gerais 160 pessoas foram presas por embriaguez ao volante. Nove foram presas por terem se envolvido em acidentes com vítimas fatais e 91 inquéritos foram instaurados pela Polícia Civil em decorrência de acidentes de trânsito.

A operação conjunta de combate ao transporte clandestino também teve papel importante no sentido de evitar mais mortes no trânsito. Foram inspecionados 11.466 veículos pelo DER/MG, ANTT e BHTrans e apreendidos 64, por falta de regulamentação ou por não estarem em condições de circulação. Outros 92 veículos foram impedidos de seguir viagem e tiveram transbordo de passageiros. No total, 1.652 pessoas não viajaram em transportes clandestinos por causa da fiscalização do Estado.

Imprudência

De acordo com a Polícia Militar, as principais causas dos acidentes nas estradas mineiras foram a imprudência (desatenção ao volante, alta velocidade, ultrapassagem proibida, desobediência à sinalização, entre outros), com 294 ocorrências, e a aquaplanagem (em função das fortes chuvas que caíram no período), com 63 registros.

Fonte : Agencia Minas



 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.