segunda-feira, 8 de Dezembro de 2014 05:00h Atualizado em 8 de Dezembro de 2014 às 05:04h.

Alimentos e itens de limpeza dão alívio ao consumidor

Procon Assembleia acompanha mensalmente o comportamento dos preços de 160 artigos vendidos em supermercados

Uma pesquisa do Procon da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizada entre os dias 1º e 2/12/14 nos supermercados de Belo Horizonte constatou redução média de 0,75% no preço dos alimentos e de 5,06% nos itens de limpeza em relação ao levantamento de novembro. Artigos de higiene não registraram variação. A coleta de preços foi feita em 16 supermercados da Capital e da Grande BH, envolvendo 160 produtos.

Consulte a pesquisa completa de preços nos supermercados.

Entre os artigos que compõem a cesta básica, houve reduções significativas no preço do leite e derivados, do óleo de soja e dos ovos. Das sete marcas de leite pesquisadas, cinco tiveram seus preços remarcados para baixo, com destaque para a Cemil, com -12,19%. No caso dos ovos Per'Fa, a dúzia passou a custar 15,73% menos. Três das quatro marcas de óleo pesquisadas também ficaram mais baratas.

Por outro lado, houve aumento em todas as marcas de feijão carioquinha tipo 1 e de açúcar cristal que tiveram seus preços coletados. O arroz agulhinha tipo 1 e o café em pó tradicional apresentaram comportamentos diversos, com altas e reduções dependendo da marca pesquisada.

Entre os itens de higiene, a maior queda aconteceu em algumas marcas de creme dental e sabonete. Dos 21 artigos consultados, nove foram reajustados para cima e 12 registraram deflação. Já entre os produtos de limpeza, a pesquisa detectou 18 reduções e 15 aumentos de preços. As maiores variações pra baixo ocorreram na água sanitária que, dependendo da marca, ficou até 23,18% mais barata. No caso do sabão em pó, quatro marcas passaram a custar mais, com destaque para a Omo Multiação, com 8,61%. Outras duas ficaram mais em conta.

A variação de preços para o mesmo produto entre um estabelecimento e outro chegou a 118,10%. Foi o caso da farinha de mandioca torrada (1 kg) da marca Pink. Outros produtos, como vinagre, biscoito, shampoo e desinfetante, registraram diferenças superiores a 80%.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.