terça-feira, 2 de Setembro de 2014 10:49h

ALMG celebra os 85 anos do Mercado Central de Belo Horizonte

O presidente da instituição recebeu placa comemorativa em solenidade na noite desta segunda-feira (1º), no Plenário.

Em Reunião Especial no Plenário, na noite desta segunda-feira (1º/9/14), a Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) homenageou os 85 anos do Mercado Central de Belo Horizonte. O presidente da instituição, José Agostinho Oliveira, recebeu uma placa comemorativa durante a cerimônia. A solenidade ocorreu a pedido do deputado Paulo Lamac (PT).

De acordo com o parlamentar, o Mercado Central, com suas 432 lojas, é "o lugar onde os mineiros se encontram". Segundo ele, o estabelecimento é um espaço representativo da cultura e das tradições do Estado. “Somos muito honrados por tudo o que o mercado significa para a vida dos belo-horizontinos e também de todos os visitantes”, afirmou. Para ele, mais do que um local de compras, o mercado é um dos mais conhecidos pontos turísticos da Capital. “Não há quem não se encante com seus corredores cheios de cores e sabores”, ressaltou.

O presidente do Mercado Central, José Agostinho Oliveira, agradeceu a homenagem e disse estar vivenciando “uma noite muito especial”. Em sua opinião, o estabelecimento completa 85 anos com a força, o vigor e a saúde de um jovem. “O mercado é o principal ponto de compras e de encontros de nossa cidade”, acredita.

Segundo o vice-prefeito de Belo Horizonte, Délio Malheiros, a instituição se confunde com a vida de BH. “Temos orgulho de preservar o estabelecimento em sua forma física e o seu funcionamento ao longo dos anos”, afirmou. Na visão do deputado federal Gabriel Guimarães, “a história do mercado é construída na superação” e na qualidade do trabalho em conjunto. “Todas as dificuldades passadas nesses 85 anos foram sempre superadas. O mercado merece todo nosso reconhecimento”, pontuou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.