sexta-feira, 19 de Outubro de 2012 09:44h Atualizado em 19 de Outubro de 2012 às 10:29h. Carla Mariela

ALMG debaterá sobre novo valor do pedágio da MG-050

O requerimento foi feito pois os parlamentares estão preocupados com o alto valor do pedágio em rodovia não duplicada. Quem também concorda com o requerimento e falou sobre o assunto foi o Deputado Fabiano Tolentino.

Os Deputados da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), Ivanir Nogueira (PMDB), Dilzon Melo (PTB) e Anselmo José Domingos (PTC), elaboraram um requerimento que foi aprovado na última terça-feira, para que haja uma reunião onde eles possam debater sobre oa serviços que estão sendo prestados pela Concessionária Nascentes das Gerais. O requerimento foi feito porque os parlamentares estão preocupados com o alto valor do pedágio em uma rodovia que não é duplicada. Quem também concorda com o requerimento e falou sobre o assunto foi o Deputado Estadual Fabiano Tolentino (PSD).

 


Segundo a assessoria da ALMG, o principal objetivo da solicitação, é fazer com que a Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, discuta sobre o valor do pedágio e a Rodovia MG050, que liga a Região Metropolitana de Belo Horizonte às regiões Centro-Oeste e Sudoeste do Estado. O que os parlamentares alegam é que o pedágio estaria em valores altos,asfalto ruim, grande parte da estrada não é duplicada e não tem acostamento. Hoje, o motorista que trafega pela Rodovia MG050 paga uma tarifa de pedágio que custa R$4,10 para carros de passeio, enquanto a Rodovia Fernão Dias, que é duplicada, custa R$1,40. Outros valores cobrados pela Nascentes são R$2,10 para motos, R$8,20 para caminhões, ônibus e tratores e R$24,60 para caminhões de seis eixos.

 


O Deputado Fabiano Tolentino que já realizou uma audiência no dia 29 de março desse ano, solicitando que as obras por parte da Nascentes das Gerais, fossem concretizadas o mais rápido possível, ressaltou sobre a importância do requerimento elaborado pelos três parlamentares. “É fundamental esse trabalho dos Deputados para debater sobre os trabalhos realizados pela Nascentes das Gerais. O requerimento solicitado por eles é importante porque dá mais força para que o debate aconteça. Eu já realizei uma Audiência Pública para cobrar da empresa , houve um retorno e as obras iniciaram, mas eu concordo com a solicitação dos parlamentares. Hoje, estou indo no DR para olhar a questão da Trincheira do Bairro Icaraí para que haja mais rapidez nesse processo e depois pretendo marcar uma outra Audiência, uma vez que já realizamos a do dia 29 de março, para debater sobre o pedágio da MG050 e as obras”, destacou.

 


Na Audiência elaborada por Fabiano Tolentino foram feitas as cobranças para os representantes do Governo, principalmente, sobre os investimentos e revisão do cronograma de obras da Parceria, Pública e Privada (PPP). Todos debateram a possibilidade de fazer com que as obras fossem concretizadas o mais rápido possível, porém, durante a Audiência, Tolentino leu um comunicado enviado pela empresa Nascentes das Gerais, no qual justificava a ausência dos seus representantes.

 


Para falar sobre o a aprovação do requerimento, a reportagem entrou em contato com os Deputados autores do requerimento, mas somente Ivair Nogueira, foi encontrado. Ele relatou que foi feito o requerimento porque eles acham um absurdo o alto valor do pedágio que é cobrado. “Acho o pedágio caro para uma rodovia que não foi duplicada. Existem rodovias que são duplicadas e que o pedágio é mais barato. O nosso intuito com essa solicitação é saber quais são os planejamentos de melhorias da Concessionária Nascentes das Gerais para o próximo ano. O requerimento que nós fizemos foi baseado numa discussão de um programa da Assembleia. Esse encontro que nós vamos fazer para debater sobre esse tema vai servir para acompanhar os projetos de melhorias para a Rodovia MG 050”, declarou.

 


Sobre a previsão da data em que o assunto será debatido, ele disse que depende só do presidente da Comissão marcar o dia.

 


Por fim, a assessoria da ALMG, confirmou que o requerimento feito pelos Deputados foi aprovado, porém, ainda não há previsões para que o tema seja debatido, mas que o tema será sim discutido pela Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas, na Assembleia.

 


De acordo com a assessoria da Nascentes das Gerais, eles irão aguardar o comunicado oficial dos deputados para comparecerem ao debate e assim que o comunicado e também a apresentação do requerimento chegar até à eles, o representante da concessionária irá sim participar do debate.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.