segunda-feira, 8 de Abril de 2013 12:41h ALMG - Assessoria de imprensa

ALMG promove audiência para discutir morte de jornalista

O assassinato do jornalista Rodrigo Neto de Faria será tema de uma audiência pública promovida pela Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG). A reunião é uma solicitação do deputado Durval Ângelo (PT) e será realizada nesta terça-feira (9/4/13), às 14 horas, no Teatro da Assembleia. Assassinado no dia 8/3, Rodrigo Neto era jornalista investigativo da Rádio Vanguarda, em Ipatinga (Rio Doce), e denunciava chacinas e assassinatos supostamente cometidos por um grupo de policiais da região.

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia está acompanhando o caso. No dia 19/3, a Comissão foi até Ipatinga, ao 12º Departamento de Polícia Civil, para obter informações a respeito do crime e solicitar agilidade na apuração. A ministra-chefe da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Maria do Rosário, também esteve em Ipatinga. Na reunião, foi definido que seria encaminhada uma solicitação ao Ministério da Justiça para que a Polícia Federal colaborasse na apuração do assassinato.

Convidados – Foram convidados para a audiência o deputado federal Nilmário Miranda (PT-MG); o delegado adjunto do 12º Departamento de Policia Civil de Minas Gerais, Alexsander Esteves Palmeira; e os presidentes da Associação Brasileira de Imprensa, Maurício Azêdo; da Comissão de Direitos Humanos da OAB/MG, William dos Santos; e do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Eneida Ferreira da Costa.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.