sábado, 22 de Fevereiro de 2014 07:35h

Alunos da rede estadual conhecem mais sobre as áreas de empregabilidade

Depois de três dias de seminário, estudantes do 1º ano do ensino médio decidem qual área querem estudar pelos próximos três anos.

Ao longo desta semana, os alunos do 1º ano do ensino médio das escolas estaduais mineiras tiveram a oportunidade de conhecer um pouco mais sobre as áreas de empregabilidades que serão ofertadas em suas escolas por meio do ‘Reinventando o Ensino Médio’. Cada instituição escolheu três áreas para seus estudantes escolherem entre elas quais querem cursar ao longo dos três anos. Com apoio da família e dos professores, os alunos puderam analisar o conteúdo de cada área e qual combina mais com seu perfil, com o que gostaria de fazer e com o que quer estudar quando chega a hora de ir para o ensino superior.

Ao todo, a Secretaria de Estado de Educação (SEE) ofereceu às escolas cinco áreas de empregabilidade: Comunicação Aplicada; Turismo; Empreendedorismo e Gestão; Meio Ambiente e Recursos Naturais; e Tecnologia da Informação. Dentre elas, a escola e a comunidade escolar escolheram três. Essa semana, durante o Seminário de Percurso Curricular, os estudantes escolheram uma área.

Foi a curiosidade que fez com que a aluna do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Geraldo Teixeira da Costa, em Santa Luzia, Natalia Silva da Rocha, escolheu a área de Empreendedorismo e Gestão. “Tenho muita curiosidade pela área, gosto de me relacionar com pessoas e acho que vai me abrir portas para o primeiro emprego”.

Já Lucas Gabriel Aparecido Pereira, fez a opção pela área de Comunicação Aplicada. Para o aluno do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Paula Frassineti, no município de São Sebastião do Paraíso, a escolha irá ajudá-lo a escolher uma profissão. “Pretendo fazer Jornalismo ou Teatro, como vamos estudar sobre as mídias e fazer visitas a televisões e emissoras de rádio acho que ter aulas dessa área vai me ajudar a ver se é isso que eu realmente quero”, afirma.

Hayara de Almeida Silva escolheu a área de Tecnologia da Informação. A aluna do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Edite Furst, em Sete Lagoas, conta que “a tecnologia é uma área que está crescendo muito. É muito interessante saber como é o sistema de um computador. Além disso, em todas as profissões vou precisar dominar ferramentas, como Word, Excel e Power Point”.

A vontade de conhecer lugares novos foi o que levou Reginaldo Vieira da Cunha Júnior a escolher área de Turismo. “Gosto de saber a história dos lugares que visito e de conhecer novas cidades, por isso fiz essa escolha”, ressalta o aluno do 1º ano do ensino médio da Escola Estadual Gregoriano Canedo, em Monte Carmelo.

Já a área Meio Ambiente e Recursos Naturais foi a opção de Aclenia Maria de Oliveira.  A aluna da Escola Estadual Coronel Idalino Ribeiro, em Salinas, escolheu a área, porque espera dar continuidade aos seus estudos. “Quando me formar pretendo fazer o curso de engenharia florestal ou engenharia ambiental. Gosto bastante da área por isso espero dar continuidade”.

Reinventando o Ensino Médio

A iniciativa busca ressignificar os três últimos anos da educação básica por meio de um percurso mais individualizado, com disciplinas voltadas às áreas de empregabilidade, tutoria, temas transversais e atividades extraclasse e extraescolar. Com essas medidas, a carga horária para os três últimos anos da educação básica passa de 2.500 para 3.000 horas/aulas. São incorporadas no currículo áreas de empregabilidade que aproximam o estudante do mundo do trabalho.

O Reinventando o Ensino Médio da Secretaria de Estado de Educação teve início em 2012, sendo ofertado em 11 escolas estaduais da região norte de Belo Horizonte. Em 2013, o projeto foi ampliado para 133 escolas da rede estadual de ensino. Esse ano, ele será universalizado atingindo todas as 2.246 instituições de ensino que ofertam o ensino médio.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.