quinta-feira, 6 de Março de 2014 05:34h Atualizado em 6 de Março de 2014 às 05:37h.

Antonio Anastasia conclama sociedade a participar da luta contra a violência

Palavra do Governador destaca também as novas ações de prevenção e combate à criminalidade anunciadas pelo Governo do Estado.

No último mês, o Governo do Estado anunciou uma série de ações para intensificar o combate à criminalidade na capital e em todo o interior de Minas. Além de melhorar os indicadores, os investimentos têm o objetivo de aumentar a sensação de segurança da população. No entanto, a iniciativa só terá sucesso com o envolvimento e a participação de toda a sociedade mineira e brasileira, como afirma o governador Antonio Anastasia. Este é o tema do programa Palavra do Governador desta semana.

“O tema da segurança é o que mais aflige a população, não só mineira, mas brasileira. Portanto, adotamos medidas ainda mais radicais para combater a violência em Minas. Há uma determinação firme para diminuir a burocracia e termos mais ação, mais presença, inclusive preventiva, das polícias Militar e Civil”, destaca Anastasia. Mais 7.500 policiais civis e militares e novos 400 veículos para cada corporação estarão nas ruas de todo o Estado até o final do ano.

O governador relembra, ainda, que a Região Metropolitana de Belo Horizonte recebeu três novos batalhões da PMMG para intensificar o trabalho preventivo e ostensivo nas ruas. “Vamos aproveitar a experiência daqueles que estão em funções administrativas da Polícia Militar e também os alunos da Academia Militar, que poderão fazer seus treinamentos já nas ruas. Estamos utilizando todo o nosso potencial para dar mais segurança à população”, observa.

Outras iniciativas de destaque vão ajudar o cidadão ao reduzir a burocracia e aumentar a eficiência dos serviços de defesa social. O governador cita, como exemplos, o aprimoramento do antigo Boletim de Ocorrência, agora chamado Registro de Eventos de Defesa Social (Reds), a criação da delegacia virtual, para o registro de pequenas ocorrências, e o acompanhamento eletrônico dos plantões da Polícia Civil. “Tudo isso vai aprimorar a agilidade da anotação dos registros e permitir que as viaturas voltem o mais rápido possível para as ruas”, explica Anastasia.

Segundo o governador, no entanto, o êxito das medidas está diretamente ligado a uma participação também da sociedade, em especial na área da prevenção. “A população pode e deve participar através do Disque-Denúncia, com a colaboração com as autoridades policiais. Através de várias frentes de trabalho, vale um esforço concentrado. Precisamos de um mutirão nacional, envolvendo a sociedade e os três níveis de governo, para podermos modificar o atual padrão violento na nossa sociedade”, alerta.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.