quinta-feira, 27 de Outubro de 2011 15:04h Atualizado em 28 de Outubro de 2011 às 10:21h. André Bernardes

Arte contra a Dengue

Oficina ensina a combater a Dengue com artesanato

Funcionários da prefeitura participaram na manhã de ontem, 26 de uma capacitação para o aproveitamento do lixo fazendo flores e guirlandas utilizando garrafas pet. A iniciativa surgiu no município de Itaguara em 2009 e está percorrendo a região centro oeste.


O projeto “Transformando Lixo em Luxo” começou no município de Itaguara devido a necessidade de uma coleta seletiva que não existia. Como as garrafas pet eram grande armazenadoras de água, os funcionários públicos Jordani Lara,coordenador de endemias e vigilância sanitária e Everton Vinícius de Oliveira Silva, coordenador de atenção primária de Itaguara, desenvolveram o projeto para transformar as garrafas PET em vasos de flores e guirlandas. “O projeto surgiu diante de uma necessidade do nosso município, pois não tinha coleta seletiva e tinha um grande número de focos da dengue concentrados em garrafas pet. Nós tentamos buscar uma alternativa para diminuir esses depósitos. Então nós pensamos em reutilizar essas garrafas através da confecção de arte ,porque é um grande atrativo para a comunidade” contou Everton.


O projeto começou a ser aplicado em Postos de Saúdes e escolas, onde os profissionais eram capacitados para ensinar a arte para outras pessoas. O projeto funcionou tão bem que já está sendo desenvolvido na região centro oeste. Os dois coordenadores estiveram ontem no anfiteatro da Semusa para capacitar funcionários da prefeitura que irão aplicar este projeto no município. “Então fizemos o projeto e começamos a aplicar nos PSF’s e junto com as oficinas fazemos intervenções de consciência ecológica, doenças relacionadas ao lixo. Os grupos operativos através da participação da comunidade nós conseguimos diversos resultados, além de gerar renda para as pessoas que participam, reduzimos os números de focos da dengue. O objetivo é capacitar os profissionais que vão multiplicar o projeto. É uma iniciativa importante e que pode colaborar com os municípios para a  prevenção” disse.
Na oficina diversas peças de decoração foram surgindo das garrafas. Flores de diversas espécies como tulipas e margaridas, guirlandas para enfeites de natal, dando uma nova utilidade para o que seria descartado como lixo.  

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.