sexta-feira, 27 de Fevereiro de 2015 13:26h Marina Rocha

Atletas e autoridades são agraciados com a Medalha do Mérito Desportivo Militar

ministro da Defesa, Jaques Wagner, presidiu solenidade de imposição da Medalha Mérito Desportivo Militar, na manhã desta sexta-feira (27) no Grupamento de Fuzileiros Navais de Brasília (DF)

A comenda, que foi concedida a 136 personalidades civis e militares, é entregue desde 2006 a atletas e autoridades que tenham prestado relevantes serviços ao desporto brasileiro.

Na cerimônia, Wagner ressaltou que “em tempos de paz, o desporto é uma ferramenta poderosa de treinamento, que desenvolve habilidades e capacidades fundamentais para os nossos militares, como a aptidão física, o equilíbrio emocional, a liderança e o espírito de equipe”.

Além de Jaques Wagner, estiveram presentes na solenidade os comandantes da Marinha, almirante Eduardo Bacellar Leal Ferreira, e da Aeronáutica, brigadeiro Nivaldo Luiz Rossato; e a secretária-geral do Ministério da Defesa, Eva Chiavon.

Atletas militares agraciados

“Eu sou técnico da equipe de Pentatlo Militar da Marinha, que é composta por seis esportistas. Em abril vamos ter seletiva para os JMM na Coreia. Já temos um destaque que possivelmente renderá frutos para o mundial”, explicou.

Atleta do mesmo esporte, o tenente do Exército Douglas Castro, de 26 anos, também recebeu a comenda. Ele explicou que concilia as atividades da rotina de oficial da Força Terrestre com os treinos. “Às vezes tenho que acordar às 4h da manhã para cumprir serviço e depois ir praticar”, contou. Douglas foi campeão mundial individual em 2013, em Pentatlo Militar.

O tenente serve no 2º Regimento de Cavalaria de Guardas, localizado no Rio de Janeiro. Treina “de três a quatro sessões por dia” na Escola de Educação Física do Exército. “Pela minha instituição eu sou atleta desde 2012. Meu foco, hoje, é estar bem para os Jogos Mundiais Militares”, salientou.

A sargento da Força Aérea Brasileira (FAB), Juliana Paula Runner, ostentava feliz a medalha em sua farda azul. Técnica de manutenção em instrumentos de aeronave, ela é formada pela Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR). Juliana é pioneira tanto no esporte quanto na função militar. É a única mulher de carreira que representa a FAB em corrida de rua de longa distância e foi a primeira do segmento feminino da Força Aérea a fazer um curso completo de manutenção do helicóptero Blackhawk.

“Me senti feliz hoje porque é a premiação de todo o meu esforço.  Significa que estou no caminho certo para quebrar novos recordes”, ressaltou a sargento.

Mais homenageados

Segundo Ana Marcela, atualmente, sua preocupação é com o campeonato mundial que acontece a partir de 28 de julho na Rússia. “Não dá para pensar em nada além disso”, falou. Sua rotina inclui oito horas diárias de treinos de segunda a sábado.  “Comecei a nadar aos dois anos de idade, mas sou profissional desde 2006.”

Ana Patrícia da Cunha, mãe da nadadora, afirmou que a medalha do Mérito Desportivo Militar é um reconhecimento ao trabalho da filha. “É emocionante esse momento. Não deu para segurar as lágrimas na hora do Hino Nacional. É uma injeção de autoestima para ela”, orgulhou-se.

Os soldados da Polícia Militar da Bahia (PM-BA), Roberto Costa e José Modesto, completaram  o rol de homenageados do dia. Os dois são instrutores no “Projeto Karatê do Saber – Guerreiros do Rio Sena”, iniciativa da PM-BA que oferece a prática esportiva a crianças e adolescentes de 7 a 17 anos em situação de vulnerabilidade social.

José Modesto contou que o “Karatê do Saber” é gratuito e conta com 160 alunos que têm aulas terças e quintas, pela manhã ou à tarde. Já Roberto Costa explicou que o projeto é desenvolvido por meio do “Pacto pela Vida” e tem o objetivo de resgatar crianças da linha infracional e aproximar a sociedade da polícia comunitária de Salvador (BA).

Criado há pouco mais de dois anos, o programa possui uma campeã pan-americana, a estudante Riquele Tancredo Santos. “Nós acompanhamos o rendimento dos alunos na escola e uma das obrigatoriedades para que participem do projeto é estar matriculado em uma instituição de ensino”, finalizou Costa.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.