quinta-feira, 26 de Fevereiro de 2015 12:08h

Azeite nacional

EPAMIG realiza 10º Dia de Campo de Olivicultura

A Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (EPAMIG) irá realizar a 10ª edição do Dia de Campo de Olivicultura, no dia 13 de março, na Fazenda Experimental da Empresa, em Maria da Fé, na região Sul de Minas Gerais. O evento atrai olivicultores e empresários de diversos estados do Brasil.

O Dia de Campo de Olivicultura é referência em transferência e difusão de tecnologias para extração de azeite extravirgem brasileiro. Durante o evento, serão divulgados estudos de produção azeite, extraído a partir de variedades de azeitonas adaptadas por meio de pesquisas da EPAMIG, que vêm se consolidando na região dos Contrafortes da Mantiqueira, que abrange municípios dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

De acordo com o pesquisador da EPAMIG, Luiz Fernando de Oliveira, nesta edição serão apresentadas novidades em processamento da azeitona, técnicas de reutilização de resíduo da produção de azeite, polinização de frutos de oliveira e evolução da maturação e ponto de colheita das azeitonas.

Os participantes poderão ainda acompanhar a extração de azeite, conhecer publicações sobre olivicultura, cosméticos à base de óleo de oliva e equipamentos para colheita de azeitona. A inscrição para o 10º Dia de Campo de Olivicultura é gratuita e pode ser feita no local do evento. Mais informações: (35) 3662-1227 / (35) 3829-1190.

Safra 2015

A safra 2015 de azeite extravirgem na região da Serra da Mantiqueira teve início na última semana de janeiro. Na Fazenda Experimental da EPAMIG em Maria da Fé, sede do Núcleo Tecnológico EPAMIG Azeitona e Azeite, até o momento foram 1000 litros de azeite. O processamento deve ocorrer até a primeira quinzena de abril.

De acordo com o presidente da Associação dos Olivicultores dos Contrafortes da Mantiqueira (Assoolive), Nilton Caetano de Oliveira, a expectativa para 2015 é processar mais de 20 mil litros de azeite, o dobro do ano anterior, produzidos em municípios dos estados de Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro. "Em 2014 tivemos novos plantios de oliveira que somaram cerca de 100 hectares", comemora.

Segundo Nilton, o processamento de azeite na região da Mantiqueira, até então realizado apenas na Fazenda da EPAMIG, este ano será feito em outras propriedades. "Teremos um número maior de indústrias em funcionamento, sendo que atualmente encontra-se lagares em Minas Gerais - Aiuruoca, Barbacena, Catas Altas da Noruega, Delfim Moreira, Monte Verde e Poços de Caldas, em São Paulo - Campinas, Lorena, São Bento do Sapucaí e Silveiras", explica.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.