segunda-feira, 11 de Junho de 2012 11:52h Gazeta do Oeste

Balanço do Sistema MG-050 não registra acidentes graves no feriado

A Concessionária Nascentes das Gerais, responsável pela administração e operação do Sistema MG-050/BR-265/BR-491, não registrou acidentes graves durante o feriado de Corpus Christi, entre a última quarta-feira (06) e este domingo (10).

 

 

Durante o recesso, 168.254 veículos passaram pelos 371,4 quilômetros da estrada, que liga Juatuba, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a São Sebastião do Paraíso, na divisa entre Minas Gerais e São Paulo.

 

 

No período, a Concessionária manteve 150 colaboradores em serviço e também contou com o reforço do efetivo do Corpo de Bombeiros Militar e da Polícia Militar Rodoviária Estadual.

 

 

O gestor de operações da Concessionária, Marcelo Aguiar, destaca que mesmo com o aumento de 20% no fluxo de veículos os usuários realizaram a viagem com segurança e conforto. “A melhora do padrão viário do Sistema MG-050 juntamente com campanhas educativas nos permitem ter um saldo extremamente positivo, sem acidentes com vítimas graves na estrada”, diz Aguiar.

 

 

O Sistema MG-050

 

 

O Sistema MG-050/BR-265/BR-491 é a principal via de ligação entre o Centro-Oeste e o Sudoeste de Minas Gerais e tem 371,4 quilômetros de extensão. Desde junho de 2007 é administrado pela Concessionária Nascentes das Gerais por meio da primeira Parceria Público-Privada (PPP) do setor de infraestrutura rodoviária nacional, desenvolvida pelo Governo de Minas.

 

 

A área de influência da rodovia abrange a Região Metropolitana de Belo Horizonte, regiões Sul e Centro-Oeste de Minas Gerais, totalizando 50 municípios, que somam 1.331.075 habitantes (7,4% da população), representando 7,7% do Produto Interno Bruto (PIB) mineiro. O total de investimento em operação e obras de ampliação da estrada em menos de cinco anos é de R$ 367 milhões.

 

 

 

Agência Minas

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.