quinta-feira, 4 de Dezembro de 2014 10:24h

BDMG premia estudos voltados para áreas ou temas relativos à economia mineira

A entrega do XXVI Prêmio Minas de Economia aconteceu nesta quinta-feira (04/12) na cidade de Belo Horizonte

O Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais (BDMG) realizou, nesta quinta-feira (04/12), a entrega do XXVI Prêmio Minas de Economia. Foram premiados os trabalhos de Bruno Henrique Picon de Carvalho, Ramon Henrique de Paula Dutra e Pablo Tadeu Chaves de Castro.

Criado pelo BDMG em 1988, em parceria com o Conselho Regional de Economia (Corecon) e a Associação dos Economistas de Minas Gerais (Assemg), o Prêmio Minas de Economia busca incentivar a investigação econômica e desenvolver estudos e pesquisas voltados para áreas ou temas relativos à economia mineira.

Em todos esses anos, o Prêmio Minas de Economia teve o privilégio de contar com trabalhos elaborados por economistas talentosos, que se dedicaram à análise e à interpretação dos mais variados temas, contribuindo para a ampliação do conhecimento da realidade socioeconômica do país, especialmente a de Minas Gerais.

A edição deste ano contou ainda com a palestra proferida por Fernando Sampaio, diretor de macroeconomia e sócio da LCA Consultoria. Fernando Sampaio é economista pela USP, com pós-graduação pela Unicamp.

 

Conheça os trabalhos vencedores

- Bruno Henrique Picon de Carvalho: analisou os fatores determinantes das operações de crédito per capita municipal na região Sudeste;

- Ramon Henrique de Paula Dutra: abordou as características e os principais determinantes da “fuga de cérebros” no mercado formal das cidades brasileiras entre 1995 e 2008;

- Pablo Tadeu Chaves de Castro: produziu trabalho sobre a concentração e o acesso ao sistema financeiro em Minas Gerais entre 2000 a 2010.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.