sexta-feira, 5 de Fevereiro de 2016 13:31h Atualizado em 5 de Fevereiro de 2016 às 13:33h. Agência Minas

Boletim MG.Biota apresenta estudos sobre invertebrados em Minas Gerais

Publicação é trimestral e busca divulgar o conhecimento da biodiversidade mineira com base em pesquisas feitas nas unidades de conservação

A mais recente edição do boletim de divulgação científica MG.Biota apresenta os resultados de trabalhos sobre a importância da preservação de espécies para a qualidade ambiental de Minas Gerais. A publicação é coordenada pelo Instituto Estadual de Florestas (IEF) e disponibiliza informações sobre pesquisas científicas realizadas, principalmente, nas unidades de conservação de Minas Gerais.

Essa edição apresenta os resultados de um estudo desenvolvido na Estação Ecológica de Água Limpa, em Cataguases, sobre a importância das abelhas para a reprodução de espécies vegetais, através da polinização. Outro estudo demonstra o comportamento das larvas de formiga-leão no Parque Estadual do Rio Doce.

Outra parte da MG.Biota é dedicada à coleção de vespas sociais do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas. O trabalho possui, hoje, 101 espécies identificadas e é uma referência para o estudo das vespas sociais no Brasil. Completando a publicação, ganha destaque um artigo sobre o besouro “Gymnetis pudibunda”, e sua presença em áreas arborizadas da região Centro- Sul de Belo Horizonte.

A gerente de Projetos e Pesquisas do IEF, Janaina Aparecida Batista Aguiar, explica que cada edição do boletim busca divulgar a importância e a necessidade de manutenção das áreas que servem de abrigo para o grande número de organismos vivos.

“As unidades de conservação existentes em Minas Gerais reúnem diversos estudos, já que protegem grande número de espécies, algumas delas ameaçadas de extinção e outros ainda desconhecidos pela ciência”, afirma.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.