quarta-feira, 23 de Outubro de 2013 12:02h

Busca por vaga no ensino superior por meio do Enem mobiliza a rede estadual mineira

Estudantes da rede estadual de ensino se preparam para conquistar o acesso a graduações a partir do Exame Nacional do Ensino Médio

Milton Pereira da Silva tem 50 anos e é estudante do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Abner Afonso, em Patos de Minas. Aluno da Educação de Jovens e Adultos (EJA), nos dias 26 e 27 de outubro ele participará de uma experiência nova. Fará pela primeira vez as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Quero testar meus conhecimentos e quem sabe conseguir uma bolsa na universidade. Essa será a primeira vez que faço a prova e estou muito ansioso. Estou igual adolescente”, afirma o estudante que retomou os estudos em 2012 após ficar 32 anos longe da sala de aula. A vontade de conseguir uma bolsa de estudados é reforçada quando Milton pensa no filho. “Quero fazer uma faculdade e servir de exemplo para meu filho”.

O desejo de conseguir uma bolsa de estudos ou uma vaga em uma universidade federal por meio do Enem também é compartilhado pela Jennifer Lopes Moreira. Aluna do 3º ano do ensino médio da Escola Estadual Pio XII, em Januária, ela vê no Exame a possibilidade de realizar um sonho. “Vou fazer o Enem para ingressar em uma universidade pública. Meu sonho é fazer Medicina”, conta Jennifer. Para alcançar seu objetivo a estudante se dedica muito. “Saio de casa cedo e chego por volta das 23 horas. Estou fazendo cursinho pré-Enem e me dedicando muito. Os professores aqui na escola também estão me ajudando. O professor de Química dedica as aulas de sexta-feira para discutir as questões do Enem. Na escola, também estão sendo feito plantões para tirar dúvidas”, conclui Jennifer Lopes Moreira.

Entre os mais de 7,8 milhões de candidatos brasileiro que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio também estão aqueles que desejam testar seus conhecimentos para que no próximo ano possam buscar bons resultados. Esse é o caso da aluna do 2º ano do ensino médio da Escola Estadual Messias Pedreiro, em Uberlândia, Caroline Lemes da Silva. “Vou fazer a prova esse ano para ganhar experiência e para não chegar tão crua no ano que vem, que é quando vou tentar mesmo uma vaga em uma universidade federal”.

Exame Nacional do Ensino Médio

Dos mais 7,8 milhões de candidatos inscritos na edição de 2013 do Enem 870.782 são mineiros. Esse total deixa Minas Gerais em segundo lugar, em relação ao número de inscritos. O estado brasileiro com maior número de candidatos foi São Paulo, com 1,2 milhão de inscrições. As provas do Enem serão aplicadas nos dias 26 e 27 de outubro. No primeiro, os candidatos farão questões de ciências humanas e ciências da natureza. A prova terá 4 horas e 30 minutos de duração. Já no segundo dia de provas, serão aplicadas as questões de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática. Nesse dia, a prova terá 5 horas e 30 minutos de duração.

O Enem, que avalia o desempenho escolar e acadêmico do estudante ao fim do ensino médio, é aplicado em todos os estados e no Distrito Federal. O resultado no exame permite ao candidato a participação no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas de educação superior. O desempenho no Enem é também requisito para participação do estudante nos programas Universidade para Todos (ProUni) e Ciência sem Fronteiras e para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Estudantes maiores de 18 anos que ainda não obtiveram a certificação do ensino médio também podem fazê-lo por meio do Enem.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.