quarta-feira, 15 de Junho de 2011 11:26h Sarah Rodrigues

Cadastramento escolar é prorrogado devido ao baixo número de inscrições

Prazo não terá nova alteração

Devido à baixa procura de cadastros escolares a Secretaria Estadual de Educação (SEE), prorrogou por mais uma semana o período de cadastramento para o estado de Minas Gerais. Na próxima sexta-feira (17), termina o cadastramento escolar para a rede municipal de ensino. A ação é importante para que as redes estaduais e municipais de ensino se organizem para o ano de 2012, além de pais e responsáveis garantirem vaga em uma escola próxima à residência.


Devem ser cadastradas crianças com seis anos completos ou a completar até o dia 31 de março de 2012 (inclusive na Educação Especial), alunos que estão se transferindo de outras localidades ou vindo de escolas particulares e os interessados em retornar aos estudos em qualquer ano do ensino fundamental (1º ao 9º ano).


O cadastramento deve ser feito em todas as escolas da rede pública de ensino e os pais ou responsáveis devem levar certidão de nascimento da criança, e cópia de uma conta de luz ou de água.
Os interessados em retornar aos seus estudos ou alunos de escolas particulares que desejam se transferir para a rede pública também devem apresentar, além da certidão de nascimento e do comprovante de residência, o comprovante de escolaridade (original e cópia). Para informações sobre a localização dos postos de cadastramento, os interessados devem procurar as secretarias municipais de educação.


Segundo a gerente de planejamento e avaliação educacional Maria de Fátima Bueno Porfírio os pais e responsáveis do município devem estar atentos ao novo prazo e cadastrarem seus filhos para que o estado e os municípios possam fazer melhor o planejamento das vagas para atender com mais qualidade os alunos que vão ingressar no ensino fundamental da rede pública no próximo ano. “O cadastramento serve como diagnóstico para fazermos um melhor planejamento no atendimento, para organizarmos melhor o espaço público”, explicou.


A prorrogação foi necessária porque os cadastros não atingiram a meta estipulada pela SEE. São esperados entre oito a dez mil inscrições. O cadastro é uma garantia de vaga na escola pública mais próxima de casa. Aquele candidato que não fizer o cadastramento não ficará sem uma vaga, mas a matrícula em uma escola próxima a sua residência ficará condicionada à existência de vaga na instituição de ensino.


Neste caso, o estudante será encaminhado, após a matrícula dos cadastrados, a uma escola que apresente vaga remanescente. Os alunos já matriculados no ensino fundamental na rede pública têm vaga garantida e, por isso, não precisam se inscrever.


A inscrição para o cadastro escolar de candidatos com deficiência e/ou transtornos globais do desenvolvimento deve ser feita no mesmo período, até o dia 17 de junho. No momento da inscrição, deve ser informado no formulário do cadastro escolar o tipo de deficiência e/ou transtorno global do desenvolvimento do candidato.
 

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.