terça-feira, 11 de Janeiro de 2011 00:00h

Calçadistas de Nova Serrana marcam presença na Couromoda

Mais de 70 marcas de calçados de Nova Serrana se preparam para participar da Couromoda 2011, maior feira de moda e negócios do setor em toda América Latina, que acontece em São Paulo, nos dias 17 a 20 de janeiro, no Parque Anhembi. A expectativa do Sindicato Intermunicipal da Indústria do Calçado de Nova Serrana (Sindinova) é que sejam comercializados cerca de 1 milhão de pares de calçados, 10% a mais que no ano passado.

A expectativa de melhores negócios se deve ao aumento da massa salarial e do consumo das classes C e D – principal mercado para os produtos do Polo de Nova Serrana. Outro fator importante, na análise do presidente do Sindinova, Ramon Alves Amaral, foi a medida antidumping sancionada pelo Governo Federal, que barra a entrada de produtos chineses no Brasil a preço inferior ao custo da indústria do país.

Serão 2.300 metros quadrados de área divididos em estandes individuais e coletivos de empresas de Nova Serrana, Perdigão, São Gonçalo do Pará, Divinópolis e Araújos, cidades que compõem o APL (Arranjo Produtivo Local). Para esta edição, as empresas que compõem o estande coletivo terão o subsídio do governo de Minas Gerais.

As empresas de Nova Serrana apresentarão coleções de calçados esportivos, sandálias, sapatênis e tênis infantil. Na linha feminina, além das tradicionais sapatilhas e botas, a novidade será o sapato Oxford e os boots. A cartela de cores sai dos tons tradicionais de marrom e preto, para cores mais ousadas como goiaba, tangerina, verde militar e azul marinho. Já no segmento esportivo, a novidade é o solado de Eva com amortecimento de gel que proporciona mais leveza e conforto.

Para o presidente do Sindinova, a Couromodas contribui para a visibilidade dos produtos da região e para a geração de negócios para as indústrias associadas. “É uma excelente oportunidade de mostrar aos principais lojistas do país o verdadeiro potencial e a qualidade dos produtos de Nova Serrana”, afirma. Na última edição da feira, cerca de 3.500 lojistas estiveram presentes.

Sobre o Sindinova

Considerada a capital nacional do calçado esportivo, Nova Serrana ocupa o primeiro lugar no ranking nacional de produção de calçados, com 850 empresas, produção de 105 milhões de pares por ano, além de gerarem 20 mil empregos diretos. Criado em julho de 1991, o Sindicato Intermunicipal da Indústria do Calçado de Nova Serrana (Sindinova) tem o papel de estimular o desenvolvimento de projetos voltados para o aumento da competitividade das indústrias e para melhorias de gestão das empresas do polo de Nova Serrana.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.