sexta-feira, 15 de Julho de 2011 10:18h Agência Minas

Campanha do Governo de Minas quer inibir combinação álcool e volante

Minas Gerais entra de vez na guerra contra a mistura álcool e direção a partir desta quinta-feira (14) com o lançamento da Campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida”. A partir deste final de semana, blitze passam a fazer parte da rotina dos moradores de Belo Horizonte e da Região Metropolitana. Acontecerão abordagens punitivas e educativas, em dias e horários flexíveis, com a possibilidade de ações itinerantes ao longo do dia ou da noite.

 

A Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) coordena a campanha, com o apoio da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal de Belo Horizonte e BHTrans.  A campanha “Sou pela Vida. Dirijo sem Bebida” é resultado do trabalho do Comitê Gestor de Trânsito (CGT), criado em fevereiro pelo governador Antonio Anastasia, para diminuir o número de vítimas do trânsito. O comitê é composto por cerca de 30 instituições ligadas ao trânsito, como Departamento de Estradas e Rodagem (DER), Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Polícia Rodoviária Federal (PRF), entre outros.

 

A campanha começa nesta quinta-feira em Belo Horizonte e Região Metropolitana e será, posteriormente, levada para cidades de grande porte como Juiz de Fora, Uberlândia, Governador Valadares e Montes Claros. Em um terceiro momento, cerca de 40 cidades polo de Minas também receberão as ações.

 

Lançamento

 

Em coletiva de imprensa, na Cidade Administrativa, o secretário de Defesa Social, Lafayette Andrada, apresentou as peças publicitárias que serão usadas nas blitze educativas, nos bares, táxis e ônibus. “Esta é uma campanha que precisa ser abraçada pela sociedade. Esperamos reduzir o número de mortes e acidentes de trânsito”, disse o secretário.

 

Cadeirantes, vítimas de acidentes de trânsito, que participarão das ações de conscientização, também estavam no evento de lançamento da campanha. Daniel Brito, de 27 anos, foi atropelado ainda aos dez anos por um condutor alcoolizado. “Quero ajudar na campanha para poder sensibilizar e conscientizar as pessoas de que bebida e direção não combinam. Precisamos evitar que mais acidentes como o meu aconteçam”, afirmou.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.