segunda-feira, 13 de Agosto de 2012 14:02h Gazeta do Oeste

CARATINGA RECEBERÁ R$ 6 MILHÕES PARA RECUPERAÇÃO DA BR 474

Investimento de R$ 6 milhões será feito para a recuperação do trecho 153 da BR 474, que liga Piedade de Caratinga a Caratinga. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (13/8/12) durante audiência pública da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais pelo coordenador regional do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) em Coronel Fabriciano, Níveo Pinto de Lima. O autor do requerimento foi o deputado Adalclever Lopes (PMDB).

O recurso solucionará problema que persiste desde novembro do ano passado, quando deslizamento de terra na Serra da Piedade tornou o trecho difícil de transitar, com rachaduras se estendendo pela encosta até 150 metros do local. De acordo com o coordenador, desde o deslizamento o problema foi se agravando, principalmente por causa das chuvas no final do ano. Segundo ele, “a terra foi retirada, mas o material continuou caindo e as rachaduras aumentando. Parecia algo simples de resolver, mas não era. Após sondagens, descobrimos que não seria possível fazer uma contenção. De modo que teremos que alterar o traçado da rodovia. De Piedade para Caratinga, a rodovia será deslocada para a esquerda”.

A obra, que já está em processo de licitação, deve começar em torno de 60 dias e durará cerca de quatro meses. O trecho, apesar de encontrar-se em estrada federal, é de responsabilidade do DER, designada por meio da medida provisória 82, em 2003. Além da alteração do traçado da estrada, também será feita a remoção de 110 mil metros cúbicos de material, que atualmente encontra-se obstruindo parte da rodovia. Níveo Lima ressaltou, ainda, que serão tomadas algumas medidas emergenciais provisórias na região para atenuar os problemas até a licitação sair.

O supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) em Caratinga, Milton Lobato, ressaltou que há outros trechos da BR 474 que necessitam de cuidados, como o de Caratinga até Aimorés e também próximo a Ipanema. Segundo ele, estava sendo feita pavimentação por meio de convênio com o DER, mas o encerramento do contrato resultou na paralisação das obras. “Estamos estudando a possibilidade de um novo convênio ou uma licitação para a realização do restante da pavimentação. Mas, de qualquer forma, estamos na expectativa de que o trecho entre Piedade de Caratinga e Santo Antônio de Jacutinga seja recuperado no ano que vem”.

O deputado Adalclever Lopes disse que Caratinga deve comemorar a boa notícia e ressaltou o trabalho em conjunto que foi feito para que as obras fossem viabilizadas e que envolveu esforço por parte do DNIT, DER, Prefeitura e Câmara de Vereadores de Caratinga. Ele também falou da importância da estrada para o comércio local, tendo em vista que a passagem pelo trecho que será contemplado é vital para a ida e vinda de mercadorias da cidade.

O deputado José Henrique (PMDB) destacou que o bom funcionamento da BR 474 interessa não só a Caratinga, mas a muitos outros municípios da região, tendo em vista que ela desafoga grande parte do trânsito da BR 262, entre os municípios de Realeza e Vitória. Ele também citou as obras anunciadas pelo Governo dentro do projeto Caminhos de Minas, que beneficiarão vários trechos de estradas do Vale do Rio Doce. “Esperamos que a estrada entre Mutum e Aimorés seja uma das primeiras a ser contempladas, pois ela também é vital para a região”.

O deputado Anselmo José Domingos (PTC) destacou a importância da conquista. “Normalmente em audiências públicas a gente vem para ouvir a população e discutir os problemas e dessa vez acabamos sendo portadores de boas notícias. Fico feliz em termos conseguido trazer a solução definitiva para o problema”.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.