quinta-feira, 7 de Novembro de 2013 11:21h

Cemig é selecionada para integrar o novo índice do Pacto Global da ONU

GC 100 inclui empresas comprometidas com o pacto e apresenta bom desempenho no mercado de capitais

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig foi selecionada para fazer parte do índice recém-lançado pelo Pacto Global da ONU, o Global Compact 100 (GC100), que reúne cem empresas mundiais comprometidas com a sustentabilidade corporativa vinculada ao melhor desempenho no mercado de capitais.

As empresas foram selecionadas com base em sua adesão aos dez princípios do Pacto Global das Nações Unidas que tratam de questões relacionadas aos direitos humanos e do trabalho, meio ambiente e combate à corrupção, bem como nos seus resultados financeiros.

”Embora o GC 100 não deva ser interpretado estritamente como uma evidência da relação entre o compromisso com a sustentabilidade e desempenho das ações, ele mostra uma incrível relação entre elas”, afirma Georg Kell, diretor-executivo do Pacto Global das Nações Unidas. “Os resultados sugerem que empresas com práticas sustentáveis têm gerado interesse crescente de investidores”, explica.

Todo o processo de seleção foi conduzido pela Sustainalytics, empresa independente especializada em pesquisa e análise de empresas sustentáveis, bem como na oferta de serviços no campo de investimentos socialmente responsáveis.

Pacto Global
O Pacto Global da ONU reúne mais de oito mil empresas signatárias em mais de 140 países e que se comprometem em alinhar suas operações e estratégias com os dez princípios universalmente aceitos nas áreas de direitos humanos, práticas trabalhistas, meio ambiente e combate à corrupção.

A Cemig é signatária do Pacto Global desde 2009 e por meio do seu Relatório Anual e de Sustentabilidade, a empresa demonstra o atendimento a cada um dos dez princípios do Pacto Global, reafirmando seu compromisso com o desenvolvimento da sociedade e a busca pela realização de suas atividades com base em critérios éticos.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.