terça-feira, 3 de Junho de 2014 07:18h

Cemig entrega autoclaves para clínicas do curso de Odontologia da Unimontes

Seis autoclaves antigas serão substituídas por duas mais modernas que proporcionarão economia de R$ 62 mil por ano

A Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes) foi beneficiada no Programa Energia Inteligente, da Cemig, que visa a eficiência e redução no consumo de energia por meio do Projeto Autoclaves. A iniciativa contempla as clinicas do curso de Odontologia da Universidade que presta atendimento gratuito a pacientes do Serviço Único de Saúde (SUS). Seis autoclaves antigas serão substituídas por duas mais modernas, que proporcionarão em breve a redução do consumo de energia e melhor controle na esterilização dos instrumentos odontológicos.

Segundo o coordenador Estadual do Programa Energia Inteligente da Cemig, Higino Zacarias de Souza, foram investidos R$ 261 mil nas duas autoclaves. A previsão é que os equipamentos proporcionem uma economia de R$ 61 mil por ano no consumo de energia. Ele destacou que, além da redução dos gastos de energia, os equipamentos mais modernos vão melhorar a prestação de serviços à comunidade, com maior eficiência no processo de esterilização.

O reitor João Canela destacou a disposição da Cemig em avaliar e atender às demandas do Hospital Universitário bem como do setor de Odontologia. “Elaboramos um projeto para contemplar o curso de Odontologia e agradecemos a Cemig por essa iniciativa já que teremos assim condições de ampliar nossas atividades e prestar um serviço de melhor qualidade para os pacientes do SUS”, enfatizou o reitor.

As duas modernas autoclaves serão instaladas na nova sede das clínicas odontológicas da Unimontes, em fase de acabamento na Policlínica Hermes de Paula e vinculada ao HUCF. O espaço funciona na Rua Doutor Veloso, Centro de Montes Claros. O serviço conta com 60 consultórios, que realiza em média 2,1 mil procedimentos odontológicos por mês direcionados a pacientes do SUS. São oferecidos atendimentos especializados a gestantes, crianças, idosos e portadores de necessidades especiais.  “As novas autoclaves vão agilizar e facilitar o nosso trabalho na esterilização dos instrumentos”, afirma a professora Carla Cristina.

Projeto Autoclaves

O Projeto Autoclaves já substituiu mais de 100 equipamentos em todo o Estado. Conforme legislação vigente as concessionárias e permissionárias de serviços públicos de distribuição de energia elétrica estão obrigadas aplicar, anualmente, o montante de, no mínimo, 0,5% de sua receita operacional líquida em ações que tenham por objetivo o combate ao desperdício de energia elétrica.

A autoclave é um recipiente hermeticamente fechado, no qual se aquece o líquido e obtém altas temperaturas. É utilizado para esterilizar artigos por meio de calor úmido sob pressão. Para receberem os equipamentos, as instituições interessadas devem estar situadas em municípios da área de concessão da Cemig.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.