quinta-feira, 5 de Junho de 2014 07:07h

Cemig promove treinamento para cálculo da emissão de gases do efeito estufa

Fornecedores serão capacitados para quantificar e realizar seus próprios inventários de emissões

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig vai incorporar, pelo segundo ano consecutivo, os inventários de emissão de gases de efeito estufa de fornecedores para compor a base de informações da Companhia, por meio do Programa Gestão de Carbono na Cadeia de Valor. Dessa forma, 25 empresas farão um treinamento no próximo dia 4 de junho, na sede da Cemig, visando a capacitação para gestão, mensuração e elaboração de registro de emissões de gases de efeitos estufa, de acordo com a ferramenta GHG Protocol.

O intuito do treinamento é sensibilizar os fornecedores quanto às mudanças climáticas e para a necessidade da realização de inventários de gases de efeito estufa, capacitando-os para essa quantificação. Em junho, os fornecedores capacitados elaborarão seus inventários de emissões que passarão a compor a base de informações da Cemig.

Para o gerente de Responsabilidade Ambiental e Social da Cemig, Ricardo Prata, “é importante desenvolver essa cadeia de ações sustentáveis para os fornecedores, uma vez que esse preceitos estão diretamente ligados ao interesse da Companhia”.

As principais ações da Cemig para reduzir a emissão de gases do efeito estufa são a geração de energia por fontes renováveis, a implementação de projetos de conservação e eficiência energética, investimentos em novas fontes de energia (por meio da subsidiária Renova), integração do risco carbono na viabilidade técnico-econômica de novos projetos e nas aquisições e fusões de ativos, a redução de emissões de transporte, dentre outras.

O programa
A Cemig participa da 3º edição do Programa Gestão de Carbono na Cadeia de Valor, desenvolvido pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), em parceria com a consultoria internacional KPMG. São dez empresas participantes: Cemig, Banco do Brasil, Banco Itaú, Braskem, CPFL, Petrobras, Santander, Schneider, Vale e Votorantim

O objetivo do programa é capacitar e ampliar a gestão do tema mudanças climáticas nos principais fornecedores dessas empresas, incentivando-as para a elaboração e publicação de seus inventários de gases de efeito estufa, de acordo com a metodologia do GHG Protocol Brasil.

O Programa Gestão de Carbono na Cadeia de Valor reforça a importância para a Cemig do tema mudanças climáticas e está alinhada ao compromisso público da Empresa expresso no documento 10 Iniciativas para o Clima. Dessa forma, é necessário o engajamento e a participação dos principais fornecedores da Cemig, para que possam ser ampliadas e melhoradas a gestão das emissões dos gases de efeito estufa.

Reconhecimento
Em 2013, a Cemig foi selecionada pelo Carbon Disclosure Project (CDP) como uma das dez empresas brasileiras de melhor performance na tomada de medidas efetivas para mitigar  as mudanças climáticas. É o segundo ano consecutivo que a Cemig é reconhecida pela organização.

A Cemig é a única concessionária de energia elétrica da América Latina presente no Índice Dow Jones de Sustentabilidade desde a sua criação, em 1999, e está presente também no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da Bolsa de Valores de São Paulo (BM&FBovespa).

A Cemig também faz parte, por quatro anos consecutivos, da carteira do Índice Carbono Eficiente ICO2 da BM&FBOVESPA, compondo a lista de empresas brasileiras que estão alinhadas com as mais avançadas discussões sobre as mudanças climáticas e ficou entre as dez utilities (empresas de serviços públicos de água, eletricidade, gás e esgoto) mais sustentáveis do mundo em estudo feito pela revista canadense Corporate Knights.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.