segunda-feira, 17 de Novembro de 2014 04:29h Atualizado em 17 de Novembro de 2014 às 04:41h.

Cemig registra lucro de R$ 29 milhões no terceiro trimestre de 2014

Receita líquida aumentou 8% em relação ao mesmo período do ano passado

A Companhia Energética de Minas Gerais – Cemig registrou, no terceiro trimestre de 2014, um lucro de R$ 29 milhões, além de um aumento de 8% em sua receita líquida, quando comparada ao terceiro trimestre de 2013. A receita líquida fechou o trimestre em R$ 3,8 bilhões.

Já o lajida consolidado apresentou uma redução de 60,18% no terceiro trimestre de 2014, em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, registrando R$ 513 milhões. Segundo o presidente da Cemig, Djalma Bastos de Morais, os resultados refletem o momento atual do País, principalmente em relação à situação hídrica. Entretanto, ele afirma que a Cemig se manteve forte, mesmo com as adversidades. “Apesar das condições desfavoráveis, a Companhia mostrou que está preparada para enfrentar as dificuldades vividas pelo País. Com muito trabalho e uma experiência acumulada nesses mais de 60 anos de atuação no setor elétrico, continuamos maximizando os nossos resultados”.

Ainda segundo Morais, a Cemig manteve a estratégia de crescimento sustentável, com o aumento de participação na Renova, veículo de crescimento em geração elétrica a partir de fontes renováveis. Em outubro de 2014, a participação da Cemig GT na Renova passou a ser de 27,37% do capital social total e 36,62% do capital social votante.

Por meio dessas e outras ações integrantes da política de crescimento, o executivo afirma que a Empresa tem trabalhado para alcançar sua visão de longo prazo: “Consolidar-se, nesta década, como o maior grupo do setor elétrico nacional em valor de mercado, com presença em gás, líder mundial em sustentabilidade, admirado pelo cliente e reconhecido pela solidez e performance”.


O diretor de Finanças e Relações com Investidores da Cemig, Luiz Fernando Rolla, também afirma que a Empresa teve um desempenho bem sucedido, apesar de reconhecer que o terceiro trimestre de 2014 foi desafiador. “A Cemig, ao longo do ano, tem registrado uma geração de caixa robusta, garantida pelo nosso portfólio diversificado de negócios e dos elevados níveis de eficiência operacional. O lajida, que mede a geração de caixa operacional no ano, foi de R$ 4,2 bilhões, apresentando um crescimento de 1,62% em relação ao mesmo período de 2013”.

De acordo com Rolla, o sólido balanço patrimonial da Cemig garante a execução do Plano Diretor e assegura o sucesso da Empresa, que vem se refletindo no bom desempenho das ações, que tiveram uma rentabilidade no ano superior ao Ibovespa e ao índice do setor elétrico.

Perfil da Companhia

A Cemig é hoje a maior empresa integrada do setor de energia elétrica do País, sendo o maior grupo distribuidor, responsável por aproximadamente 12% do mercado nacional. É ainda o segundo maior grupo transmissor e o terceiro maior grupo gerador, com um parque formado por 84 usinas hidrelétricas, térmicas e eólicas, com uma capacidade instalada de 7.683MW.

 

A Companhia está presente em 23 Estados brasileiros e opera uma linha de transmissão no Chile. Conta com mais de 120 mil acionistas em 40 países e ações negociadas nas Bolsas de Valores de Nova York, Madri e São Paulo.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.