terça-feira, 30 de Junho de 2015 13:40h

Cemig vai agilizar atendimento a projetos sociais da Sedinor

Uma parceria entre a Sedinor e Cemig vai garantir mais rapidez na ligação de energia elétrica em empreendimentos instalados pela Secretaria

Segundo o secretário Paulo Guedes, é preciso desburocratizar o atendimento dessas demandas em diversas ações de geração de renda. “São projetos de arranjo produtivo, do Programa de Combate à Pobreza Rural (PCPR) e de sistemas coletivos de abastecimento de água, que ainda não estão funcionando por falta de energia elétrica”, disse ao lembrar também da necessidade de investimento para atender os produtores rurais, como é o caso lavouras de café, no Alto Rio Pardo, Norte de Minas, onde o serviço ainda é insuficiente.

Na última quinta-feira (25/06), Paulo Guedes esteve na sede da Cemig e se reuniu com o diretor de Distribuição e Comercialização, Ricardo José Charbel. Ele entregou um cronograma de prioridades, que facilitará o monitoramento e execução das ações da Sedinor quanto às demandas de instalação de energia elétrica.

Durante a reunião ficou acordado que para atender as demandas de ligação de energia dos sistemas simplificados de abastecimento de água, do programa Água para Todos, os prefeitos das regiões contempladas irão entregar à Cemig uma declaração de utilidade publica constando a relação das famílias beneficiadas. No caso do PCPR, será feito um levantamento para saber os problemas que estão inviabilizando as ligações. Já no que diz respeito ao investimento em infraestrutura para lavouras de café, do Alto Rio Pardo, a Cemig receberá uma comitiva de produtores de café da região para apresentarem proposta que servirá de base para desenvolver um projeto específico para este segmento.
A reunião contou ainda com participação da secretária-adjunta da Sedinor, Juliana Pacheco, do assistente da presidência da empresa, Roberto Carvalho, e do diretor de Geração e Transmissão, Franklin Moreira Gonçalves.

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.