quarta-feira, 13 de Junho de 2012 12:46h Gazeta do Oeste

Centro de consultoria de tecnologia será criado em Minas

O governador Antonio Anastasia e o presidente da Accenture, Roger Ingold, assinaram, nesta terça-feira (12), no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, protocolo de intenções para expansão das atividades da empresa em Minas Gerais.

O governador Antonio Anastasia e o presidente da Accenture, Roger Ingold, assinaram, nesta terça-feira (12), no Palácio Tiradentes, na Cidade Administrativa, protocolo de intenções para expansão das atividades da empresa em Minas Gerais. A previsão é de geração de cerca de mil empregos diretos, voltados a atividades de gestão e tecnologia.

 

Como parte de seu plano de crescimento no Estado, a Accenture irá implantar um centro de excelência em consultoria de gestão e tecnologia, cujo objetivo é o desenvolvimento de conteúdo técnico-científico e de soluções inovadoras para seus clientes, em toda a América Latina.

 

“É com grande felicidade que recebemos esse centro de capacitação e gestão que vai permitir um salto de inovação. Temos o objetivo de sempre trazer para Minas Gerais empreendimentos voltados para a economia do conhecimento. Tenho certeza que é exatamente a prestação de serviço, de altíssimo valor agregado, que vai permitir um perfil novo da economia de Minas Gerais”, disse o governador Antonio Anastasia.

 

O protocolo prevê que a Accenture crie um programa de formação e de treinamento de estudantes e de profissionais vinculados ao Governo de Minas, em um modelo inovador de cooperação técnica com foco em desenvolvimento de pessoas. Participarão do programa, anualmente, 140 servidores públicos e 20 estudantes da Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, que receberão formação acadêmica e prática em temas relacionados à gestão, como logística e recursos humanos, e também à tecnologia da informação.

 

Anastasia destacou que a vinda para Minas de um centro de excelência em consultoria de gestão e tecnologia é importante, não só pelos empregos que gera diretamente, mas pelo reconhecimento, pela confiança e pelos negócios em potencial.

 

“Estamos apostando no capital humano e no conhecimento de nosso Estado, das nossas universidades, da Fapemig, de toda estrutura que estamos construindo em Minas Gerais para termos um desenvolvimento sustentável”, ressaltou o governador.

 

O presidente da Accenture, Roger Ingold, explicou a escolha de Minas Gerais para a implantação do centro de excelência. “No processo de expansão e análise de localidades, com critérios extremamente técnicos, ficamos super satisfeitos de dizer que Minas Gerais era o nosso ponto focal. Essa seleção teve várias razões, uma delas era a qualidade de mão-de-obra, a outra é a perspectiva e a gestão exemplar que existe hoje no Estado”, disse Roger Ingold.

 

A Accenture é uma empresa global de consultoria de gestão, serviços de tecnologia e outsourcing, com mais de 246 mil profissionais atendendo a clientes em mais de 120 países. No Brasil, conta com mais de oito mil empregados e possui escritórios em São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Vitória, Campina Grande, Porto Alegre e São José dos Campos, além de fábricas de software em Alphaville (SP) e Recife (PE) e um Centro de Serviços Compartilhados, em Curitiba (PR).

 

 

 

 

Agência Minas

© 2009-2017. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.