sexta-feira, 6 de Maio de 2016 13:17h Agência Minas

Centros de Comando e Controle Móveis vão monitorar Tour da Tocha em Minas

As duas unidades de comando e controle móvel estarão funcionando como centro de captação de imagens e como posto avançado de controle

O Tour da Tocha Olímpica, que começa neste sábado (7/5), será continuamente monitorado por agentes de 38 instituições de segurança pública e de defesa civil estaduais, federais e municipais. As duas unidades de comando e controle móvel (CICC Móvel) da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds) e o Centro de Comando e Controle Móvel do Corpo de Bombeiros estarão nas oito cidades de celebração da tocha e vão funcionar como centro de captação de imagens e como posto avançado de controle para tomada de decisões integradas rápidas.

Cada carreta do CICC Móvel possui dez câmeras acopladas que permitem o monitoramento em um raio de até 30 metros quadrados. As imagens captadas no Tour da Tocha serão vistas e analisadas pelo agentes embarcados no CICC Móvel e também pelos que estiverem a postos no Centro de Comando e Controle Regional (CICCR), que funciona na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte.

Nos CICC’s Móveis trabalharão, de forma conjunta, representantes da Secretaria de Defesa Social (Seds), da Polícia Civil (PC), da Polícia Militar (PM), do Corpo de Bombeiros (CBMMG), da Secretaria de Estado de Saúde (SES), da segurança privada da Rio 2016, das guardas municipais e dos órgãos executivos municipais de trânsito das diferentes cidades. Eles vão acompanhar o trabalho de suas respectivas instituições e poderão dar comando para a resolução de uma situação de forma imediata.

 

 

 

Operação Tocha

Cerca de 110 profissionais de segurança estão envolvidos nas ações dos Centros de Comando e Controle Regional e Comando e Controle de Comando e Controle Móvel. Essa é a maior operação realizada com os equipamentos desde a sua operacionalização, de acordo com o coordenador do CICC, Vicente Salgueiro. “O trabalho será referência no país, considerando o nível de integração que alcançamos, e servirá de legado para operações futuras de segurança no estado”.

O planejamento da segurança da tocha foi realizado, de forma integrada, após encontros que envolveram representantes da Secretaria de Estado de Defesa Social (Seds), da Secretaria de Estado da Saúde (SES), da BHTrans, da Prefeitura de Belo Horizonte, do Exército, da Polícia Federal, do Departamento de Estradas de Rodagem de Minas Geais (DER), da  Polícia Militar e da Polícia Civil.

 

 

 

Delegacia Móvel

Já a Polícia Civil de Minas Gerais irá  disponibilizar o ônibus da Delegacia Móvel para dar agilidade a eventuais necessidades de elaboração do Registro de Eventos de Defesa Social (Boletins de Ocorrência), de Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e também para orientação de outros serviços prestados. Além dessa estrutura física, os policiais civis que participarão do Tour da Tocha estão preparados para realizar atendimento aos turistas, organizadores e cidadãos.

A Delegacia Móvel conta com infraestrutura de Tecnologia da Informação completa (com acesso a redes sociais), de telefonia, de radiocomunicação, de comunicação direta com a rede de dados da instituição e ainda com gerador próprio de energia. Possui também sistema de videomonitoramento interno e externo. A unidade servirá para reforçar a atuação da corporação nas cidades de celebração do evento.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.