sexta-feira, 12 de Agosto de 2016 12:48h SEGOV

Centros de Educação Continuada viram pontos de apoio aos candidatos do Enem no interior de Minas Gerais

Unidades vinculadas à rede estadual de ensino oferecem cursos e acompanhamento gratuitos e abrem oportunidades para quem concorre a uma vaga no ensino superior

Centros Estaduais de Educação Continuada (Cesec) de municípios do interior de Minas Gerais têm sido pontos de referência e de apoio para quem vai fazer o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As atividades, oferecidas gratuitamente aos candidatos, incluem correção de exercícios, orientações sobre como fazer uma redação e possíveis temas, reforço em disciplinas, disponibilização de material didático e de computador com acesso à internet.

A oferta das atividades de aprofundamento e revisão para o Enem tem sido estimulada pela Secretaria de Estado da Educação (SEE). Segundo Thiene Carneiro, da Diretoria de Educação de Jovens e Adultos, cada unidade do Cesec tem autonomia para elaborar sua metodologia de trabalho.

Thiene explica que o projeto pode ser construído com base na matriz de referência do Enem, que contém vídeos-aulas e DVDs do “Plantão Enem”. Os Cesecs também podem fazer download das aulas disponíveis na TV Escola do Ministério da Educação (MEC) e utilizar a plataforma Hora do Enem.

De acordo com a SEE, dos117 Cesecs existentes em Minas Gerais, 62 já estão oferecendo preparação para o Enem.

 

Oportunidades

 

Na cidade de Pirapora, no Norte do estado, o Cesec unidade Umbelina Diniz desenvolve, na grade de estudos dos jovens e adultos que estão concluindo o ensino médio, trabalhos paralelos para preparar os alunos para o Enem. Os professores se revezam em escala de plantão no período de funcionamento do centro, de 7h às 21h30, para tirar dúvidas nas matérias e dar orientações na construção de redações.

“Temos essa oportunidade de preparar nossos alunos para o Enem.  Oferecemos infraestrutura para estudos, como biblioteca com horários de vídeo-aulas e sala com cinco computadores com acesso à internet e impressora”, afirma a diretora Maria Luisa de Queiroz, acrescentando que todas as tarefas contam com o auxílio e orientação dos professores.

A diretora destaca a importância do Cesec no Norte de Minas Gerais, uma das regiões mais carentes do estado e com grande número de pessoas com baixo índice de escolaridade. “É um centro de oportunidade para quem não conseguiu concluir os estudos na época certa e deseja recuperar os estudos para entrar no mercado de trabalho ou fazer o Enem”, pontua Maria Luisa.

A unidade Umbelina Diniz, de Pirapora, atende 900 jovens e adultos. Entre os que estão concluindo o ensino médio, 40 vão fazer a prova do Enem. Meire Carvalho, de 41 anos, está confiante. Nos fins de semana ela trabalha como bartender e nos outros dias investe tempo nos estudos. Aproveita tudo o que a escola oferece para se preparar para o Enem, desde o espaço na biblioteca até as matérias compactadas e livros.

Para obter uma boa pontuação e conquistar uma vaga no curso superior de história, Meire está sempre de olho no quadro de horário das disciplinas, principalmente Química, Física, Biologia e Matemática. “O apoio dos professores é grande para quem precisa de reforço nas matérias. Eles estão aqui em tempo integral para atender os alunos”, afirma a estudante, agradecida pela oportunidade.

Vagas abertas

No município de Ouro Fino, no Sul de Minas, o Centro Estadual de Educação Continuada Professora Paulita de Queiroz Miranda abriu inscrições para o Curso de Aprofundamento e Revisão para o Enem, que começa na próxima segunda-feira (15/7). Serão oferecidas 30 vagas.

Segundo a diretora Lucia Elisa Alves, o curso será dividido em módulos, abrangendo todas as disciplinas, com ênfase em redação e ciências da natureza e matemática. “O curso será dado por uma equipe de professores que domina o conteúdo exigido pelo Enem e inclui duas matérias diárias e plantões de dúvidas. Organizamos todo material de forma a dar uma boa base para os alunos”, afirma Lucia.

Aberto a toda comunidade escolar e aos jovens e adultos do Cesec, as aulas serão gratuitas e ministradas no contraturno das aulas do Centro de Educação Continuada, de 13 às 17 horas. As vagas serão preenchidas por ordem de chegada do candidato. 

A matrícula deve ser feita, presencialmente, no Cesec Professora Paulita Queiroz de Miranda, na Avenida Barão do Rio Branco 145, bairro Capuchinho, Ouro Fino. O horário da inscrição é de 7 às 22h, de segunda a sexta-feira.

Simone Massaro, de 41 anos, foi uma das primeiras a fazer a matrícula no curso preparatório para o Enem. Ela, que deseja ingressar na faculdade para cursar Biologia, diz que não teria condições de se preparar para o Enem se não fosse o Cesec. “Para quem não pode pagar um cursinho particular é uma ótima oportunidade”, conclui.

Esforçada, Simone Massaro mora em Monte Sião e viaja 30 quilômetros até Ouro Fino para estudar no Cesec. No momento, a aluna está se preparando para a última prova que vai permitir que ela obtenha o certificado de conclusão do ensino médio, antes da prova do Enem.

Serviço

Os interessados em se preparar para as provas do Enem devem procurar o Cesec mais próximo.

Os Cesec fazem parte da rede estadual de ensino e prestam serviços aos jovens e adultos que necessitam concluir a Educação Básica.


Enem

As provas do Enem serão aplicadas em dois dias. No dia 5 de novembro, um sábado, os estudantes fazem os exames de Ciências Humanas e Ciências da Natureza. Já no dia 6, domingo, será a vez das prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, de Redação e Matemática.

Nos dois dias, os portões serão abertos às 12h e se fecham às 13h. O início das provas é às 13h30. Como nos anos anteriores, o primeiro dia de prova dura 4 horas e 30 minutos, e o segundo, 5 horas e 30 minutos.

A nota do exame é usada como critério de acesso à educação superior por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que oferece vagas em instituições públicas, e do Programa Universidade para Todos (Prouni).

Além disso, a participação na prova é requisito para receber o benefício do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) ou ingressar em vagas gratuitas dos cursos técnicos oferecidos pelo Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec). Estudantes maiores de 18 anos podem obter a certificação do ensino médio por meio do Enem.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.