segunda-feira, 25 de Julho de 2016 16:38h Atualizado em 25 de Julho de 2016 às 16:47h. Agência Minas

Cine Vila Rica, em Ouro Preto, será revitalizado pelo Governo de Minas Gerais

Durante a 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto - CineOp, anúncio celebrou a assinatura do protocolo de intenções entre a Codemig e a Ufop

Tradição, arte e cultura. O histórico Cine Vila Rica, em Ouro Preto, tombado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, receberá investimentos para ser completamente revitalizado, dentro do Minas de Todas as Artes – Programa de Incentivo à Indústria Criativa, realizado pela Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (Codemig) com objetivo de preservação e fomento da riqueza social e histórica do equipamento cultural. 

A beleza arquitetônica e a memória histórica do prédio - inaugurado em 1986 - fizeram com que o local se tornasse, nas últimas décadas, um dos mais importantes equipamentos de arte e cultura de Ouro Preto e Minas Gerais.

 

 

A sala sedia uma programação contínua de filmes, eventos artísticos-culturais a níveis nacional e internacional, como o Festival de Inverno de Ouro Preto e Mariana, Fórum das Letras, Fotógrafos em Ouro Preto, CineOP e diversas outras mostras e festivais de cinema.

A intenção com a revitalização é reformar e equipar o Cine Vila Rica, transformando-o numa sala de exibição que seja referência em Minas Gerais e do Brasil como equipamento de difusão da arte audiovisual.

 

 

"A expansão do mercado exibidor, com abertura de salas no interior, é uma das linhas mais importantes da política do Governo estadual, que elegeu o audiovisual e a indústria criativa como prioridades para a expansão da matriz econômica mineira. Ouro Preto e o Cine Vila Rica se encaixam perfeitamente nisso"

Marco Antônio Castelo Branco, presidente da Codemig

 

O anúncio oficial dos investimentos que serão concedidos pela Codemig, em parceria com a Secretaria de Cultura, e Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), foi feito durante a 11ª Mostra de Cinema de Ouro Preto (CineOp).

Foi celebrada a assinatura de um protocolo de intenções que irá formar um grupo de trabalho envolvendo professores e técnicos da Ufop, com o objetivo de desenvolver um projeto detalhado para restauração da sala de exibição e modernização de seus equipamentos.

Desta forma, há duas frentes de trabalho para este objetivo: 1) trata da constituição de um novo conceito para o Cine Vila Rica, envolvendo a constituição de um projeto completo de reestruturação; 2) trata de constituir, formalmente e juridicamente, a parceria, dentro do padrão legal imposto à instituição de ensino.

 

 

O investimento será direcionado à revitalização por meio do programa Minas de Todas as Artes, lançada em agosto de 2015 pela Codemig. Uma iniciativa inédita que se destaca em seis eixos prioritários: gastronomia, audiovisual, design, moda, música e novas mídias. A estratégia da ação é fomentar o desenvolvimento de novos negócios que gerem empregos, renda e riquezas para o Estado.

Até o fim de 2018 serão investidos mais de R$ 20 milhões em editais de fomento e fortalecimento, com iniciativas de valorização dos seis eixos citados.

 

 

No programa Cineminas, 18 cidades mineiras irão receber investimentos do Governo do Estado de Minas Gerais, por meio da Codemig, para criar ou revitalizar salas de cinema, como parte do projeto Cineminas – Programa Codemig de Apoio ao Cinema.

Os municípios selecionados são Araguari, Caratinga, Coronel Fabriciano, Curvelo, Ibirité, Itajubá, Itaúna, João Monlevade, Nova Lima, Patrocínio, Ponte Nova, Ribeirão das Neves, Sabará, Santa Luzia, Teófilo Otoni, Timóteo, Unaí e Vespasiano.

Em Ponte Nova, na Zona da Mata, a sala de exibição da cidade será construída no prédio do tradicional Hotel Glória. Na cidade de Curvelo, a proposta é recuperar o Cine Virgínia; já em Ribeirão das Neves, o novo cinema deve ser instalado em um shopping no bairro Justinópolis. Os detalhes quanto a esses e os demais municípios selecionados estão em fase de definição.

© 2009-2016. Todos direitos reservados a Gazeta do Oeste. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização.